Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Auxílio Emergencial já pode ser usado para fazer pagamento pelo celular nas maquininhas

0

A partir desta sexta-feira (29), beneficiários do auxílio emergencial podem utilizar o valor recebido para realizar pagamento pelo celular em compras físicas. A Caixa Econômica Federal liberou os pagamentos de compras em maquininhas de cartão, o que antes só valia para pagamentos virtuais.

É provável que você também goste:

Auxílio Emergencial vai ser prorrogado mas será diferente

Receita paga 1º lote da restituição do Imposto de Renda 2020

Carrefour é alvo de investigação por suposto esquema de corrupção no Atacadão em SP

Auxílio Emergencial já pode ser usado para fazer pagamento pelo celular nas maquininhas

A Caixa Econômica Federal anunciou na quinta-feira (28) que quem recebe o auxílio emergencial e mantém o valor na conta do banco, acessada pelo aplicativo Caixa Tem, poderá realizar pagamento pelo celular em maquininhas. Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, o projeto conta a bandeira de cartões Elo e com todas as adquirentes que conseguiram preparar sua operação.

“Abrimos a possibilidade de pagamentos em supermercados, lanchonetes, redes de farmácias, em qualquer lugar via celular”, explicou Guimarães, em coletiva de imprensa na quinta-feira.

Já são mais de 3 milhões de estabelecimentos físicos aptos a receber os pagamentos pelo celular, com os recursos do auxílio emergencial de R$ 600 (ou R$ 1.200, para mães solteiras).

Pagamento pelo celular acontece por QR Code ou cartão virtual

As transações que forem realizadas através do celular nas maquininhas acontecem por meio da tecnologia QR Code (uma forma mais avançada do código de barras, que pode ser lido por câmeras de celulares), e também o cartão de débito virtual de cada usuário.

Conforme declaração do vice-presidente de tecnologia do banco, Cláudio Salituro, a atualização do aplicativo Caixa Tem para aceitar pagamentos pelo celular foi desenvolvida em dez dias. Para que o pagamento pelo celular fosse possível, as contas poupança abertas pela Caixa para o crédito do auxílio emergencial foram transformadas em carteiras digitais.

Importante: para acessar o aplicativo Caixa Tem os usuários não gastam sua internet móvel, mas é preciso estar com o dados móveis habilitados. “A navegação no app é gratuita pela internet, patrocinada por operadora de celular. Porém, para ter acesso, o cliente precisa estar com os dados móveis habilitados no celular”, esclarece a Caixa.

Novidade deve reduzir as filas nos bancos

Guimarães afirmou que o pagamento pelo celular, chamado de “revolução”, vai ser uma forma de reduzir a ida dos beneficiários às agências bancárias. “Será muito melhor para todos os brasileiros e vai permitir redução das idas nas agências porque os beneficiários poderão gastar sem precisar tirar dinheiro”, comentou o presidente. “Não precisa sacar. Basta movimentar o dinheiro de forma digital para fazer as compras”, declarou.

Como realizar o pagamento pelo celular? Passo a passo

  1. Primeiramente, o usuário deve acessar o aplicativo Caixa Tem, e escolher a opção “pagar na maquininha”.
  2. A câmera do celular abrirá automaticamente. O beneficiário deve apontar a câmera para o código QR na maquininha.
  3. Conferir o valor da compra e confirmar o pagamento pelo celular na tela do aplicativo.
  4. A maquininha do cartão imprimirá o recibo confirmando a compra.

Mas o usuário não precisa guardar os comprovantes de compra, pois o histórico será mantido no extrato do Caixa Tem.

Além de diminuir as filas nos bancos, a utilização do QR code também é uma forma de diminuir o contato entre pessoas. Salituro afirma que “é muito simples e muito fácil de fazer”. Além disso, “o processo é seguro e sem contato físico com a maquininha”, destacou.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: photobyphotoboy, via Shutterstock.

Comentários
Carregando...