Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco do Brasil pagou R$ 2,25 bilhões hoje (30); você recebeu a sua parte?

O Banco do Brasil realizou um importante pagamento nesta quinta-feira (30) para diversas pessoas. Saiba mais!

O Banco do Brasil fez um importante pagamento nesta quinta-feira (30). Trata-se do repasse de seus proventos aos investidores, que são os dividendos e os juros sobre capital próprio (JCP).

No total, R$ 2,25 bilhões serão distribuídos. Vale destacar ainda que esse valor se refere ao terceiro trimestre de 2023. Saiba mais informações sobre esses proventos na sequência.

Banco do Brasil fez o repasse de proventos nesta quinta-feira (30)

Fachada Banco do Brasil
Imagem: rafapress / Shutterstock.com

O montante a ser distribuído aos acionistas envolve diferentes formas de reembolso. Aos que possuem as ações do BBAS3, o código de negociação, os valores vêm de duas formas principais: R$ 0,102 por ação em dividendos, uma quantia isenta de impostos, e R$ 0,686 por ação na forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP), que estão sujeitos à aplicação de uma alíquota de 15%.

A distribuição dos proventos do Banco do Brasil terá como base a posição acionária que data de 21 de novembro. Assim, caso o investidor não possua ações da companhia até essa data, ele não receberá o repasse desses valores.

JCP e dividendos: quais são as diferenças?

Conforme dito acima, Banco do Brasil realizou o pagamento dos dividendos e de JCP. Sendo assim, é importante entender a diferença entre eles. Ambos os modelos representam formas de distribuir lucro, mas possuem diferenças significativas, principalmente no que tange à tributação tanto para a empresa pagadora quando para o investidor.

Enquanto os dividendos têm um percentual mínimo obrigatório de distribuição definido no estatuto da empresa, o JCP é mais flexível. Além disso, a companhia não paga Imposto de Renda (IR) sobre o valor do JCP, pois este entra como despesa no balanço fiscal.

Veja também:

Senado decide que Bolsa do Ensino Médio ficará fora do limite de gastos

Já para os acionistas que recebem os proventos, há o desconto de IR sobre o valor de JCP, enquanto nos dividendos o valor já chega ao investidor sem impostos.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com