Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco do Brasil pode perder espaço para seus concorrentes

0

O Banco do Brasil pode estar perdendo espaço para seus concorrentes. Isso porque o plano de reestruturação da instituição financeira irritou o presidente Jair Bolsonaro, colocando o presidente do BB, André Brandão, em uma situação complicada. Segundo analistas, a medida serviu em certo ponto para abafar a crise política atual, mas também expôs, mais uma vez, as divergências entre o Palácio do Planalto e o Ministério da Economia.

O plano de reestruturação mencionado prevê o fechamento de 361 unidades de atendimento do Banco do Brasil. Destas, 112 são agências, além de 7 escritórios e 242 postos de atendimento. E, claro, o Plano de Demissão Voluntária (PDV) também causou polêmica, podendo atingir até 5 mil dos 92,5 mil funcionários do banco.

É provável que você também goste:

Mais crédito? 3 formas de aumentar o limite no cartão do Banco Inter

Banco do Brasil já renegociou R$ 40 milhões em dívidas pelo WhatsApp

Como usar o cartão de crédito sem se complicar com as contas do começo do ano

Banco do Brasil pode perder espaço para concorrentes

De acordo com fontes do Banco do Brasil, a reorganização da rede de atendimentos passou, portanto, pelo crivo da equipe econômica. Assim, o objetivo seria, além da redução de custos e do aumento da eficiência, a modernização do sistema financeiro. O plano também foi apresentado com antecedência ao Palácio do Planalto.

Mas, ainda assim, a decisão fez Jair Bolsonaro pedir a demissão de André Brandão, apenas quatro meses depois de o executivo ter assumido a presidência do Banco do Brasil. Além disso tudo, o plano de reestruturação também recebeu críticas da oposição e gerou protestos dos funcionários do banco.

Ameaça de demissão pode custar adiamento de reestruturação do BB

Por fim, a ameaça de demissão de André Brandão pode acabar custando a revisão ou o adiamento do plano de reestruturação do Banco do Brasil. A medida foi cobrada pelo Palácio do Planalto diante da permanência do executivo, porém sofre resistência por parte da equipe econômica. Ademais, a medida também é mal vista pelo mercado, que percebe esse processo de renovação do setor financeiro como algo inevitável (e que já está acontecendo).

Se pensarmos no salto do setor financeiro dos últimos anos, especialmente devido às fintechs, isso faz sentido. Em 5 anos, é possível que a maioria das agências existentes hoje acabem fechando, uma vez que a digitalização dos serviços digitais acaba com a necessidade de ir até uma agência presencialmente para resolver problemas, fazer transferências, pagar contas e muito mais.

Dessa forma, o risco de não avançar nesse sentido pode fazer com que o Banco do Brasil acabe atrás de seus concorrentes nesse “novo” mercado financeiro. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Jo Galvao / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...