O Banco Inter acaba de protocolar no CVM o balanço de resultados do primeiro trimestre de 2019. O grande destaque é o ritmo acelerado do crescimento da base de clientes. Ou seja, com 489 mil novas contas abertas no período. Isso corresponde a um aumento de 205% na comparação com o 1T18.

É provável que você também goste:

As 6 razões pelas quais o Banco Inter não cobra tarifas bancárias

Santander estaria interessado em comprar o Banco Mercantil do Brasil.

C6 Bank divulga data oficial para a distribuição de convites aos clientes

Banco Inter tem forte crescimento operacional no 1º trimestre de 2019

Ritmo de abertura de contas no Banco Inter acelera, com 489 mil novos correntistas. Ademais, a receita com serviços tem aumento anual de 106% e alcança R$ 38,5 milhões.

O Banco Inter, único banco brasileiro que combina uma conta completa, 100% digital e gratuita, divulgou os resultados do primeiro trimestre de 2019. Enfim, o ritmo da instituição continua acelerando, com 489 mil contas abertas no período, um aumento de 205% no comparativo com 1T18. Só em março, o banco abriu 8,5 mil novas contas por dia útil.

Primeiramente, o número de clientes investidores também é um destaque no trimestre, alcançando 176 mil, aumento de 245% na comparação com o mesmo período do ano anterior, impulsionado pelo lançamento da PAI – Plataforma Aberta Inter, o marketplace de investimentos da instituição. O saldo de recursos sob custódia foi de R$7,5 bilhões, crescimento anual de 32,2%.

Depósitos à vista

O volume de depósitos à vista chegou a R$ 843 milhões. O equivalente a um crescimento de 3 vezes em relação ao mesmo período do ano anterior. Portanto, isso contribuiu na redução do custo de funding em 15,1 p.p., para 76,2% do CDI.

Receita com prestação de serviços

A receita com prestação de serviços chegou a R$38,5 milhões. Ademais, já representa 26,5% da receita líquida total. Todavia, na comparação anual, o crescimento foi de 106%, demonstrando um forte crescimento operacional.

“O aumento da participação da receita com serviços no resultado mostra que estamos monetizando cada vez mais a plataforma, com o engajamento dos clientes. Isso também é um entregável importante para a construção do Super App, que será um marketplace completo de serviços financeiros e não financeiros”, afirma o CEO do Banco Inter, João Vitor Menin.

Os ativos totais somaram R$ 5,9 bilhões no primeiro trimestre de 2019, evolução de 56,5% em comparação ao 1T18. Contudo, a carteira de crédito ampliada ultrapassou R$ 3,5 bilhões. O lucro líquido aumentou 8,2% na comparação com o mesmo período de 2018 e atingiu R$ 12,1 milhões.

Na quinta-feira (9), às 11h, a instituição realizará uma teleconferência com clientes e acionistas para apresentar os resultados financeiros e esclarecer dúvidas. Portanto, para participar, basta fazer o cadastro pelo site ri.bancointer.com.br.

Sobre o Banco Inter

O Banco Inter possui 25 anos de mercado e atuação em todo o território nacional. É o primeiro banco 100% digital do país e o único a oferecer uma conta totalmente isenta de tarifas, que serve como porta de entrada dos clientes para uma completa plataforma digital de serviços. O Inter foi o primeiro banco digital a abrir capital no Brasil, em abril de 2018, e está listado na Bolsa de Valores (B3). Em março de 2019, o banco contava com uma carteira de crédito de mais de R$ 3,5 bilhões, com patrimônio líquido de R$ 948 milhões e R$ 5,9 bilhões de ativos totais.

Enfim, gostou da notícia?

Então, siga Seu Crédito Digital no Google News. Receba em primeira mão notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Atenção: artigo elaborado com informações da assessoria de imprensa do Banco Inter. Portanto, caso queira reproduzir de forma parcial ou integral este texto, é obrigatório indicar como fonte este artigo.