Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bilhete com QR Code substitui cartão magnético em trem e metrô de SP

0

Foi divulgada nesta segunda-feira (26), pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, que uma parte das estações da CPTM e Metrô da região metropolitana de São Paulo, vai vender apenas bilhetes com QR Code. Dessa forma, dá-se seguimento ao plano de eliminar os antigos bilhetes magnéticos, e unifica-se ainda mais, as duas empresas. 

É provável que você goste também

QR Code é o novo serviço essencial dos comércios devido a pandemia

Pagamento de transporte por aproximação ganha espaço no Brasil. Veja como funciona!

PagSeguro PagBank lança recarga de Bilhete Único no Super App

Bilhete com QR Code substitui cartão magnético em trem e metrô de SP

Já faz um tempo que as linhas da CPTM e Metrô estão sendo se unificando, para um sempre praticamente único de transporte ferroviário, na região metropolitana de São Paulo. Entretanto, a cobrança, bem como uso de bilhetes nunca se integrou. Assim, um usuário que compra a passagem na bilheteira de uma estação de uma empresa, nunca tinha acesso a catraca da outra.

Em 2019, um novo sistema de bilhetes com QR Code surgiu, para solucionar o problema. Entretanto, somente a partir dessa semana, 16 das 183 estações de todo o mapa ferroviário da região, vão vender as passagens impressas na hora. 

Conforme o Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, “O Bilhete Digital QR Code surgiu com o propósito de aliar inovação e comodidade para o público que utiliza o transporte metropolitano sobre trilhos de São Paulo. Todas as ações foram desenhadas de forma estratégica, testadas e agora seguimos para uma implementação total no sistema”.

Onde comprar os bilhetes?

O valor do bilhete com QR Code é o mesmo da versão em papel, com fita magnética. Cada usuário pode comprar até quatro deles, de uma só vez. A Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo que o novo modelo não em validade após a impressão. Entretanto, recomenda-se o suo em até 72 horas, para que os dados permaneçam legíveis para a catraca.

Além disso, o usuário do transporte ferroviário pode usar o aplicativo TOP (disponível para Android e iOS). Nele, pode-se comprar até 10 unidades, e o pagamento pode ser realizado com cartão de crédito ou débito. 

Já nas estações, pode-se comprar o novo bilhete com QR Code, nas bilheterias junto aos funcionários, ou ainda, em máquinas de atendimento automático. Vale citar, que o ponto de venda pessoa só aceita dinheiro em espécie. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Thi Soares/shutterstock.com

Comentários
Carregando...