Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bradesco e Itaú anuncia pagamento bilionário; saiba se vai receber uma parte

Bradesco e Itaú anunciam pagamento bilionário. Descubra se você tem direito a receber parte desse valor e os critérios envolvidos.

Os acionistas dos gigantes Itaú Unibanco e Banco Bradesco têm razões para comemorar. Recentemente, ambos os bancos anunciaram a distribuição de proventos para o primeiro semestre de 2024, trazendo expectativas positivas para os investidores no setor bancário.

Os detalhes divulgados incluem valores a serem repassados e datas de pagamento, essenciais para quem deseja administrar seus investimentos com sabedoria.

Em um cenário de constante evolução do mercado financeiro, entendendo as nuances dessas operações torna-se fundamental para maximizar o retorno sobre os investimentos e fazer escolhas informadas em relação ao portfólio de ações. Afinal, entender quando um banco está prestes a pagar seus juros sobre capital próprio pode influenciar diretamente nas decisões de compra ou venda de ações.

Bradesco e Itaú: Os Detalhes do Pagamento das Ações

Fcahada do Banco Bradesco
Imagem: rafapress / Shutterstock.com

O Banco Bradesco confirmou que pagará juros sobre o capital próprio (JCP) para o primeiro semestre de 2024, totalizando um valor impressionante de R$4 bilhões. A distribuição será de R$0,359141350 por ação ordinária e R$0,395055485 por ação preferencial, já considerando a retenção de 15% de Imposto de Renda na fonte, conforme legislação vigente.

Para os acionistas que tem posição no Bradesco até o dia 17 de junho de 2024, as ações terão seus direitos ex-distribuição a partir de 18 de junho. O pagamento efetivo dos valores ocorrerá até o final de janeiro do ano seguinte. Essas datas são fundamentais para os investidores se organizarem e planejarem suas operações no mercado financeiro.

Itaú Unibanco e Seus Benefícios aos Acionistas

Do mesmo modo, o Itaú Unibanco segue sua política de valorização do acionista ao anunciar o pagamento de JCP no valor de R$0,2510 por ação. Após os descontos de imposto de renda de 15%, o rendimento líquido por ação será de R$0,21335. Entretanto, valores isentos da tributação podem ser aplicáveis a determinados acionistas, ampliando assim seus ganhos líquidos.

Veja também:

Alta nos combustíveis: Saiba o que esperar nesta semana

O pagamento por parte do Itaú será baseado na posição acionária de 20 de junho de 2024, com as ações tornando-se ex-JCP a partir de 21 do mesmo mês. Os JCPs declarados agora e anteriormente em março serão cumulativamente pagos no final de agosto, resultando em um acúmulo promissor de R$0,41888 por ação.

  • Posição acionária para cálculo: 20 de junho para Itaú e 17 de junho para Bradesco.
  • Valor bruto para ações do Bradesco: R$0,359141350 (ON) e R$0,395055485 (PN).
  • JCP líquido para Itaú após dedução fiscal: R$0,21335 por ação.

Investir em ações de bancos grandes como Itaú Unibanco e Banco Bradesco pode ser uma estratégia sólida, dada a regularidade e atratividade dos proventos distribuídos. Com as informações adequadas e uma boa estratégia, os acionistas podem maximizar seus retornos e otimizar seu portfólio de investimentos.

Imagem: Sidney de Almeida / shutterstock.com