Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

BTG Pactual é o primeiro banco a lançar fundo 100% Bitcoin

O fundo 100% Bitcoin é o terceiro com essas características lançado no Brasil, mas o primeiro lançado por um banco.

0

O BTG Pactual anunciou na manhã desta segunda-feira (17) uma grande novidade: o lançamento do BTG PACTUAL BITCOIN 100 FIC FIM IE. Com isso, o BTG cria o seu primeiro fundo 100% Bitcoin.

É provável que você goste também

Nova função Pix Cobrança, pagamento por QR Code, é liberada

BTG vai ter fundo de Bitcoin com investimento 100% em criptomoedas

Bitcoin cai após anúncio da Tesla

BTG Pactual é o primeiro banco a lançar fundo 100% Bitcoin

A partir do lançamento do seu primeiro fundo 100% Bitcoin, o BTG se torna o primeiro banco a lançar um fundo de investimento totalmente voltado para Bitcoin. Vale ressaltar que, anteriormente, o BTG já havia sido o primeiro entre os bancos no lançamento de fundos de investimentos cripto. O BTG Pactual faz parte também da coordenação do ETF de criptomoedas da Hashdex, o primeiro da bolsa brasileira.

O fundo 100% Bitcoin é o terceiro com essas características lançado no Brasil. Em 2020, as gestoras especializadas no mercado de criptomoedas Hashdex e QR Asset criaram os primeiros fundos que destinam todo o capital em BTC.

De acordo com Will Landers, head de renda variável da BTG Pactual Asset Management:

O lançamento representa a continuidade do trabalho do BTG Pactual em desenhar produtos lastreados em bitcoin, o ativo com maior volume de operações dentro do universo de criptoativos. É um passo importante de nossa estratégia de incorporar no portfólio produtos que permitam aos clientes novas possibilidades de diversificação de carteira”.

Assim como as outras opções existentes no mercado, o BTG PACTUAL BITCOIN 100 FIC FIM IE destina-se para investidores qualificados, seguindo a norma da Comissão de Valores Imobiliários (CVM).

O primeiro fundo 100% Bitcoin do BTG não tem taxa de performance, entretanto, vai contar com taxa de administração. O banco explica que as taxas serão “menores do que as praticadas pelo mercado”. Já o investimento mínimo do fundo é de R$ 1 mil e a  liquidez é de D+4.

Além do BTG, outros bancos têm interesse por produtos relacionados ao mercado das criptomoedas; como, por exemplo, o Banco do Brasil, o qual ingressou na coordenação do lançamento do ETF na B3. Além desse, o Itaú, além de comercializar o ETF, deseja lançar um fundo de ações.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Assim, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram Twitch. Contudo, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: tungtaechit / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...