Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Burguer King agora é dono do Starbucks? Entenda a venda da empresa

A Zamp, que opera Burger King e Popeyes, adquiriu a operação brasileira da Starbucks por R$ 120 milhões. Saiba mais!

O conglomerado Zamp, conhecido por suas franquias de fast-food Burger King e Popeyes no Brasil, finalizou a aquisição das operações da Starbucks no país, anteriormente sob a gestão do grupo SouthRock. A transação, avaliada em R$ 120 milhões, foi oficialmente confirmada em um comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira (06).

As negociações entre Zamp e SouthRock, esta última enfrentando um processo de recuperação judicial desde o ano passado, têm estado em curso desde 21 de fevereiro deste ano. Importante destacar que parte do valor acordado pode sofrer ajustes com base na quantidade de lojas transferidas efetivamente e no volume de estoques mantidos até a conclusão do processo.

O que significa a compra da Starbucks para o mercado brasileiro?

Placa com logo da Starbucks.
Imagem: Grand Warszawski / shutterstock.com

A aquisição da Starbucks pela Zamp indica uma expansão notável da presença da empresa no mercado de café e casual dining no Brasil.

Atualmente, a SouthRock opera cerca de 140 unidades da Starbucks no país, apesar de ter encerrado mais de 50 lojas devido a dificuldades financeiras.

Quais são os próximos passos para a finalização do negócio?

Apesar da assinatura do contrato, a conclusão total da transação está pendente. A efetivação do negócio depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da análise jurídica pelo tribunal encarregado da recuperação judicial da SouthRock.

Ademais, aguarda-se ainda a finalização dos termos contratuais com a Starbucks Corporation nos Estados Unidos, garantindo os direitos de exploração e desenvolvimento da marca no Brasil.

Qual a vantagem estratégica da Zamp na compra da Starbucks?

A Zamp adota a estratégia de “stalking horse bidder”, uma tática de lance inicial em leilões de ativos de empresas em recuperação, posicionando-se estrategicamente para lidar com possíveis contraofertas. Esse movimento não apenas reforça a aquisição, mas também eleva a empresa a uma posição de destaque no setor de cafeterias, um mercado em crescente expansão no Brasil.

Além disso, essa aquisição reflete o direcionamento estratégico da Zamp em diversificar suas operações e fortalecer sua presença no segmento de cafés, ampliando sua base de consumidores e consolidando seu portfólio no mercado nacional.

Veja também:

Governo cria força-tarefa para incluir mais famílias no CadÚnico; entenda

Com sua expertise demonstrada no gerenciamento de grandes marcas internacionais, a Zamp demonstra estar preparada para revitalizar e expandir a rede Starbucks no Brasil.

Imagem: Grand Warszawski / shutterstock.com