De acordo com o G1 Goiás, no dia 11 de abril, Leizimar Silva Triers, de 35 anos e mãe de quatro meninas, sendo três trigêmeas de um ano, se surpreendeu ao consultar o seu extrato bancário. Ela teve a surpresa de ter depositados R$ 2,28 bilhões na sua conta. Com isso, o seu saldo que era negativo, passou a ser bilionário. O caso aconteceu na cidade de Anápolis, a 55 Km de Goiânia, capital de Goiás. Recentemente, aconteceu um caso semelhante, com um carioca que surpreendeu-se com R$ 120 bilhões na sua conta corrente da Caixa Econômica Federal.

É provável que você também goste:

Saque do FGTS para quitar dívidas pode ser aprovado este ano

Caixa vai lançar cartão de crédito sem anuidade para competir com o Nubank?

Caixa deposita R$ 2,28 bilhões por engano e mulher devolve o dinheiro

Em entrevista ao G1, Leizimar afirmou que desde a descoberta decidiu procurar uma agência da Caixa para devolver o dinheiro.

“Eu fiquei surpresa demais. O lançamento foi feito no dia 11, mas eu notei no dia 13, era um sábado, e então esperei chegar segunda-feira para procurar a gerente do meu banco para entender o que tinha acontecido”, a moça desabafou.

Ao ir ao banco, a sua gerente informou que ocorreu um erro no sistema. Ademais, que Leizimar poderia ter sido responsabilizada caso tivesse utilizado o dinheiro.

“Não precisava nem do alerta dela. Eu jamais usaria um dinheiro que não era meu, tanto que tive três dias e não mexi. A gente não perde nunca quando é honesto. Vou poder contar para as minhas filhas que a mãe delas recebeu um dinheirão e devolveu. A mudança começa dentro de casa”, ela contou em entrevista ao G1.

De acordo com o G1 Goiás, a família de Leizimar tem uma renda mensal de R$ 1.500. Fruto do trabalho do seu marido, Mailton.

A Caixa Econômica Federal se pronunciou a respeito do caso através de uma nota de esclarecimento. Confira logo a seguir:

“A CAIXA informa que no dia 12 de abril houve uma inconsistência no sistema, que impactou o demonstrativo de saldo de alguns clientes naquele fim de semana. O banco esclarece que tal impacto ficou restrito à visualização do saldo, não tendo sido possível a realização de saques indevidos no período.

Por fim, a Caixa reforça que caso algum cliente constate algum prejuízo em dinheiro em função do ocorrido, o devido ressarcimento será realizado. Para isso, será necessário procurar a agência de relacionamento para a devida apuração.

Enfim, gostou da notícia?

Então, siga Seu Crédito Digital no Google News

. Receba em primeira mão notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.