Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa deposita dinheiro do FGTS para novo grupo; confira o calendário completo

0

A Caixa Econômica Federal liberou, no último sábado, mais uma remessa de pagamentos de até R$ 1 mil referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Desta vez, quem recebe são os nascidos em fevereiro. Dessa forma, os valores serão depositados na Conta Poupança Digital e podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. 

É provável que você também goste:

Aprenda a usar o FGTS para pagar financiamento de imóvel atrasado

Saque do FGTS: o que fazer se dinheiro não caiu na conta?

FGTS: Trabalhadores podem sacar até R$ 3.900 em maio

Contudo, vale ressaltar que é necessário estar atento, pois o dinheiro será creditado automaticamente para os trabalhadores que estão com seus dados devidamente atualizados. Portanto, certifique-se que está tudo certo antes de consultar o fundo. 

Sendo assim, os pagamentos do FGTS são liberados de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Confira o calendário completo abaixo. 

Mês de nascimentoData do depósito
Janeiro20 de abril
Fevereiro30 de abril
Março 4 de maio
Abril11 de maio
Maio 14 de maio
Junho18 de maio
Julho21 de maio
Agosto25 de maio
Setembro28 de maio
Outubro1º de junho
Novembro8 de junho
Dezembro15 de junho

Como consultar o FGTS?

Para saber se tem saldo disponível e se ele será depositado automaticamente ou será necessário solicitar o saque, você pode consultar no site fgts.caixa.gov.br ou no aplicativo FGTS. Lembrando que o site informa apenas a data que o dinheiro será liberado e se será creditado de forma automática. Para mais funcionalidades, use o aplicativo. 

Inclusive, no app você pode consultar os valores, atualizar seus dados e informar que não deseja sacar o FGTS, caso não seja do seu interesse no momento. Porém, se deseja retirar o saldo, é válido mencionar que ficará disponível até dia 15 de dezembro deste ano.

O dinheiro não movimentado será restituído ao FGTS, com correção de 3% pelo rendimento do fundo equivalente ao período em que ficou parado na conta.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Alison Nunes Calazans / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar