Guerra das maquininhas

A Caixa resolveu entrar na guerra das maquininhas sem aluguel e está oferecendo serviços diferenciados para micro e pequenas empresas. A instituição bancária, portanto, anunciou um novo pacote de créditos especiais com redução de taxas, aluguel zero na máquina de cartões e serviços diferenciados para micro e pequenas empresas. Com isso, o banco pretende ampliar o número de clientes e entrar forte na concorrência das maquininhas de cartão.

Leia mais:

Conheça o empréstimo pessoal da Caixa Econômica Federal sem consulta ao SPC e Serasa.

Banco BMG compra Pago Cartões e vai entrar na guerra das maquininhas

Assaí vai lançar maquininha de cartão com cashback e sem aluguel.

Caixa também entra na ‘guerra das maquininhas’ sem aluguel

As empresas precisam ter faturamento mensal regular de acima de R$ 2 mil para adquirir o equipamento sem pagar aluguel. Além disso, não há prazo de carência, o que significa que enquanto o faturamento estiver acima desse valor, não haverá cobrança. Entretanto, caso o faturamento seja inferior a R$ 2 mil, será cobrado R$ 50 só naquele mês.

Já o pacote oferece linhas de crédito com condições especiais para o segmento empresa verde, construção civil, instituição de ensino e provedor de internet. O banco oferece, para essas empresas, taxas de juros para capital de giro a partir de 0,8% ao mês, o que é abaixo da média praticada pelo mercado e cobrança bancária com condições promocionais para contratação. Para os empreendimentos que operam a carteira de recebíveis no banco, a taxa fica a partir de 0,95% ao mês.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para assim, acompanhar os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado.

Sobre o autor Ver todos os posts Site

Luiz Felipe Kessler

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS.

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook