Caixa Tem: Governo define quando vai oferecer empréstimos e seguro no app

0

De olho numa futura abertura de capital na Bolsa de Valores, o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS) vai novas funções. Assim, apesar de hoje estar restrito a saques, transferências, compras, pagamentos e recargas de celular, a ideia é que o app Caixa Tem ofereça aos correntistas a opção de contratar produtos como crédito, microsseguro e títulos de capitalização. E, para garantir uma base fiel de usuários, o governo está estudando a possibilidade de pagar todos os benefícios sociais por lá.

É provável que você também goste:

Caixa paga oitava parcela do auxílio emergencial nesta segunda-feira (30)

PagBank agora rende mais que o Nubank e o mesmo que PicPay: 210% do CDI

Como pagar com Pix na Black Friday e sem cair em golpes

Dessa forma, a expectativa é que a criação das novas funcionalidades e a migração dos pagamentos dos benefícios sociais para o Caixa Tem sejam feitas aos poucos, entre o fim deste ano e 2021. Com isso, a Caixa busca fazer com que o aplicativo conquiste milhões de clientes e que o banco, assim, possa ganhar dinheiro vendendo produtos. Além disso, é bom ressaltar que a abertura e a movimentação de contas são e continuarão gratuitas. 

Quais as novas funções do app Caixa Tem?

A primeira novidade do aplicativo foi o “Seguro Apoio Família”, que já está disponível desde o fim de outubro na plataforma. Com ele, correntistas do Caixa Tem podem contratar seguro para pagar um eventual funeral. O seguro custa R$ 30 por ano e é válido para morte por qualquer causa, inclusive por Covid-19. Se a morte for acidental, o seguro também paga cesta básica por três meses e mais R$ 2 mil para ajudar familiares. Além de tudo, a contratação do seguro dá direito a concorrer a prêmios mensais de R$ 20 mil.

Como vai funcionar o crédito no app Caixa Tem?

Além disso, em março de 2021 deve chegar ao Caixa Tem uma linha de microcrédito voltada a informais e a microempreendedores individuais (MEIs). O objetivo é oferecer ao menos R$ 10 bilhões para cerca de 10 milhões de pessoas. Mas o valor ainda pode ser maior, tudo depende da demanda. 

Dessa forma, você poderá contratar um valor máximo do empréstimo de R$ 1 mil. As condições de pagamento e a taxa de juros ainda não foram divulgadas, mas a Caixa garantiu que serão acessíveis a pessoas de baixa renda, o que é o foco desse microcrédito.

Por fim, a Caixa vai lançar outras linhas de microcrédito, mas em valores menores. O banco estuda oferecer créditos de R$ 100 a R$ 300, por exemplo, para todos os correntistas. Para esse empréstimo, a contratação será gratuita, mas terá juros e prazo para pagamento. Além do crédito, você também poderá acessar produtos como títulos de capitalização, também vendidos via Caixa Tem.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...