Como pagar com Pix na Black Friday e sem cair em golpes

0

Apesar das promoções antecipadas, a Black Friday acontece oficialmente nesta sexta-feira (27). E, neste ano, os consumidores terão mais uma opção como meio de pagamento: pagar com o Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. Sim, o Pix estreou na semana passada, mas já teve cerca de 83,5 milhões de chaves Pix cadastradas, sendo 79,8 milhões em nome de pessoas físicas. Assim, apenas na sua primeira semana de operação, foram realizadas 12,2 milhões de transações via Pix, movimentando em torno de R$ 9,3 bilhões.

É provável que você também goste:

PagBank agora rende mais que o Nubank e o mesmo que PicPay: 210% do CDI

Banco Pan e Méliuz: empréstimo mesmo para negativados e com cashback

Cartão de crédito clonado: saiba o que fazer e como prevenir

Dessa forma, aos poucos o sistema vai ganhando força. Entretanto, ainda existem algumas dúvidas entre seus usuários. Como, por exemplo: é preciso tomar algum cuidado ao pagar com o Pix? O sistema é mesmo seguro? Como usar o meio de pagamento durante a Black Friday? Veja todas essas respostas agora!

Como pagar com o Pix durante a Black Friday?

Até o momento, você já deve ter percebido a importância da Black Friday para testar o serviço do Pix. Isso porque, desde que o sistema foi lançado, essa certamente será a semana em que mais usuários farão uso do Pix para pagar suas compras. Mas como usar o Pix durante a Black Friday? Essencialmente, há duas maneiras principais de comprar produtos usando o Pix: por meio de transferências ou por meio de pagamentos com QR Codes. As duas opções valem para a Black Friday, e também para qualquer outra ocasião.

Para fazer uma transferência, você deve acessar o aplicativo do seu banco, o mesmo que você já usa hoje, buscar no menu a opção “Pix” e “transferir”. Já para usar o QR Code em um pagamento, basta abrir o aplicativo da sua instituição financeira, escanear o código e completar o pagamento. Nesse caso, os passos podem mudar um pouco a depender da instituição.

É seguro pagar com Pix? 

A Black Friday também ficou conhecida pelo alto volume de fraudes. Assim, muitas pessoas podem ter dúvidas a respeito da segurança de se realizar pagamentos com o Pix. Isso porque o sistema poderia gerar mais oportunidades para os criminosos, que encontram nas transações digitais uma forma de atuar.

No entanto, a informação é de que o usuário não está mais vulnerável por usar o Pix. Pelo contrário, os pagamentos via Pix podem até mesmo ser mais seguros. Isso porque, com ele, a transação passa pelo SPI (Sistema de Pagamentos Instantâneos), criado pelo BC para liquidar as transações. Com isso, é possível rastrear o fluxo de pagamentos e transferências. Porém, vale lembrar que uma transação com o Pix não tem como ser estornada, ou seja, uma vez feita, ela cai em até dez segundos e o cliente não tem como reaver o dinheiro. Portanto, tenha cuidado com pedidos de pagamento que fogem do comum em uma transação financeira.

Enfim, gostou da matéria?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram, e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brastock / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...