O Caixa Tem deve ser ampliado pela Caixa Econômica Federal. A estatal pretende transformar o aplicativo no “banco digital da menor renda”. Através das novas funcionalidades, o app deve oferecer opções de microcrédito, seguros e cartões. Saiba mais.

É provável que você também goste:

Bradesco lança a carteira digital BITZ para concorrer com o Iti, do Itaú Unibanco

Confira o calendário de pagamentos da semana para o auxílio emergencial

FGTS emergencial: Caixa libera nesta segunda (14) até um salário mínimo para nascidos em novembro

Caixa Tem vai oferecer cartão de crédito, empréstimos e seguros pelo app

Atualmente, o app Caixa Tem é utilizado especificamente para pagamentos do auxílio emergencial, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEM).

De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 91,7 milhões de poupanças sociais digitais foram gratuitamente abertas em 2020 para os brasileiros que estão recebendo benefícios sociais do governo na pandemia de coronavírus.

A CEF deve manter essas contas abertas gratuitamente mesmo depois do controle da covid-19. De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, “Todos os produtos serão mantidos. Todos os produtos gratuitos continuarão gratuitos. E faremos mais.”

Ele ainda afirmou que o “aplicativo do Caixa Tem é o banco digital para a menor renda, que é 80% da base de clientes da Caixa”. Por esse motivo, deve continuar oferecendo o pagamento digital de benefícios sociais, inclusive do Bolsa Família, que atualmente é pago somente de forma presencial.

Novos serviços do Caixa Tem

Entre os novos serviços que serão ofertados pelo aplicativo, está a oferta de microcrédito, de seguros e de cartões de crédito. O presidente da Caixa declarou que a entrada do microcrédito na plataforma do Caixa Tem está em fase de finalização.

De acordo com Guimarães, a ferramenta vai liberar empréstimos nos valores de “R$ 100, R$ 200, R$ 300 de forma rápida, simples e digital” para os brasileiros de baixa renda e para os trabalhadores informais que recebem o auxílio emergencial.

Guimarães não deu maiores detalhes sobre a oferta de seguros ou cartões. Atualmente, o Caixa Tem oferece um cartão de débito digital que pode ser usado tanto em compras online como para compras presenciais, basta aproximar o celular das maquininhas de cartão. Durante a pandemia, 67,5 milhões desses cartões de débito virtuais foram emitidos pelo Caixa Tem.

A ampliação dos serviços do Caixa Tem pode ser uma forma de o banco continuar com os beneficiários do auxílio emergencial na sua base de clientes no pós-pandemia. Isso porque cerca de 40 milhões de pessoas que não tinham nenhuma conta de banco viraram clientes da Caixa para receber os benefícios emergenciais do governo.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock

Sobre o Autor

Eduardo Mendes

Cofundador

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos