Caixa zerou filas nas agências e diz que população não precisa madrugar

0

Um dos grandes problemas que as agências da Caixa Econômica Federal vinham enfrentando sem dúvida eram as grandes filas e aglomerações de pessoas que buscavam informações sobre o Auxílio Emergencial. Entretanto, segundo Cláudio Salituro, vice-presidente de Tecnologia do banco, a Caixa zerou filas nas agências porque as pessoas perderam o medo de utilizar o aplicativo Caixa Tem para movimentar o dinheiro do benefício. Além disso, a Caixa diz que população agora não precisa madrugar na frente das agências.

É provável que você também goste:

Lojas Americanas está recrutando vendedores online e dando notebooks?

Justiça Federal determina que Caixa deve prorrogar ou pausar os contratos de clientes durante pandemia

Reanálise do Auxílio Emergencial poderá aprovar quase 5 milhões de brasileiros

Caixa zerou filas nas agências, evitando aglomerações e filas

Salituro ressaltou em coletiva que hoje foi um ótimo dia, sem filas nas agências, e se utilizou de duas imagens das agências da Caixa em Americana, interior de São Paulo, e Paracatu, Minas Gerais, tiradas por volta das 7h da manhã, uma hora antes da abertura das portas.

Quem também esteve presente na coletiva foi o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que falou sobre a organização do pagamento do benefício no mês de maio:

“Não precisa [madrugar nas filas]”, reiterou o presidente. “No mês passado, nós não tínhamos ainda essa base dos clientes. Chegamos a pagar, em um dia, 8 milhões de brasileiros, fora outros milhões que estavam em dúvida. [Agora] Nós já temos a base dos 59 milhões de brasileiros elegíveis. Quem vai receber já sabe que vai receber.”

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o número de pessoas que já receberam a primeira parcela do auxílio emergencial chegou a 55,9 milhões, um total de R$ 39,4 bilhões foram pagos. Além disso, a segunda parcela, já foi sacada por 37,5 milhões de brasileiros. Sendo assim, somadas as duas parcelas, já foram pagos R$ 65,5 bilhões em Auxílio Emergencial.

Ainda há beneficiários em análise

Além dos beneficiários que já receberam o Auxílio Emergencial, ao menos 5 milhões esperam a primeira análise, enquanto 4,9 milhões estão em reanálise (tiveram o benefício negado a primeira análise, corrigiram os dados e solicitaram novamente o Auxílio Emergencial).

Nesta terça-feira (26), o Governo Federal depositou a segunda parcela do Auxílio Emergencial para os nascidos em setembro e outubro e que já sacaram a primeira parcela entre 01 e 30 de abril. Lembrando que os recebimentos de hoje são referentes ao calendário de quem está cadastrado na poupança digital da Caixa, ou seja, beneficiários do Bolsa Família estão fora deste calendário.

Calendário de depósito para a conta digital da Caixa

  • primeiramente, 20/5: nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21/5: nascidos em março e abril
  • 22/5: nascidos em maio e junho
  • 23/5: nascidos em julho e agosto
  • 25/5: nascidos em setembro e outubro
  • por fim, 26/5: nascidos em novembro e dezembro

Calendário do saque em dinheiro

  • primeiramente, 30 de maio: nascidos em janeiro
  • 1º de junho: nascidos em fevereiro
  • 2 de junho: nascidos em março
  • 3 de junho: nascidos em abril
  • 4 de junho: nascidos em maio
  • 5 de junho: nascidos em junho
  • 6 de junho: nascidos em julho
  • 8 de junho: nascidos em agosto
  • 9 de junho: nascidos em setembro
  • 10 de junho: nascidos em outubro
  • 12 de junho: nascidos em novembro
  • por fim, 13 de junho: nascidos em dezembro

Calendário para beneficiários do Bolsa Família

  • primeiramente, 18 de maio: NIS 1
  • 19 de maio: NIS 2
  • 20 de maio: NIS 3
  • 21 de maio: NIS 4
  • 22 de maio: NIS 5
  • 25 de maio: NIS 6
  • 26 de maio: NIS 7
  • 27 de maio: NIS 8
  • 28 de maio: NIS 9
  • por fim, 29 de maio: NIS 0

OBS: datas válidas somente para quem recebeu a primeira parcela até 30/4.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Shutterstock/Juliana F Rodrigues

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar