A Caixa Econômica Federal finalmente divulgou o calendário de pagamentos do novo lote do Abono Salarial 2020/2021. Lembrando que o benefício foi antecipado para o dia 30 de junho de 2020. Então, a partir desta data, os trabalhadores que tiverem direito ao benefício e que nasceram entre julho e dezembro, deverão receber o dinheiro do abono diretamente nas suas contas da Caixa. Vale reforçar que os valores podem variar de R$ 88 a R$ 1045, conforme os dias trabalhados durante o ano-base.

É provável que você também goste:

Dica essencial para aprender a economizar e gastar com contas digitais.

Você pode ter direito a uma bolada de correção do FGTS e nem sabe.

Auxílio emergencial para mais dois meses e de R$ 300 ganha cada vez mais força.

Itaú esclarece qual a maior parte dos clientes que tiveram cobranças indevidas e terão o seu dinheiro volta

Calendário de pagamentos do novo lote do Abono Salarial 2020/2021

Os demais beneficiários, poderão fazer o saque do benefício com o Cartão Cidadão nos terminais de autoatendimento da Caixa, em lotéricas, Caixa Aqui ou nas agências. Entretanto, para fazer o saque, tem que estar de acordo com o calendário de pagamentos.

Segue abaixo o calendário de pagamentos do Abono 2020/2021, conforme o mês de nascimento:

  • Julho – Saque a partir de 16/07/2020
  • Agosto – Saque a partir de 18/08/2020
  • Setembro – Saque a partir de 15/09/2020
  • Outubro – Saque a partir de 14/10/2020
  • Novembro – Saque a partir de 17/11/2020
  • Dezembro – Saque a partir de 15/12/2020
  • Janeiro – Saque a partir de 19/01/2020
  • Fevereiro – Saque a partir de 19/01/2020
  • Março – Saque a partir de 11/02/2020
  • Abril – Saque a partir de 11/02/2020
  • Maio – Saque a partir de 17/03/2021
  • Junho – Saque a partir de 17/03/2021

Quem pode fazer o saque do benefício?

Para ter direito ao saque do abono salarial 2020/2021, entretanto, o trabalhador deve seguir alguns requisitos, como os citados abaixo:

  • Primeiramente, o trabalhador deve estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano-base;
  • Remuneração mensal média de até dois salários mínimos.
  • Por fim, também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Lembrando que tanto os trabalhadores de empresas privadas, como também os trabalhadores de entidades públicas, recebem o abono salarial. Contudo, a diferença é que quem trabalha no setor público recebe o PASEP pelo Banco do Brasil. Os trabalhadores do setor privado, por outro lado, recebem o PIS, pela Caixa Econômica Federal.

Calendário do abono salarial 2019/2020 também foi antecipado

A parte final do abono 2019/2020 foi antecipada para o dia 29 de maio, atendendo à Resolução CODEFAT nº 857, de 01/04/2020. Então, com a alteração, foi possível antecipar o calendário do abono salarial de 2020/2021 par ao dia 30 de junho. A media tem como objetivo, principalmente, reduzir os danos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus.

A CAIXA disponibilizou cerca de R$ 17 bilhões para 21,8 milhões trabalhadores. Até 30 de abril, mais de 19,6 milhões de trabalhadores já haviam sacado o benefício, totalizando R$ 16,9 bilhões. Quem não fez sacou o benefício do calendário 2019/2020 ainda deverá ter uma nova oportunidade para efetuar esse saque.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress via Shutterstock