Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Em carta aberta, economistas exigem que governo combata a pandemia

Economistas e banqueiros fazem diversas cobranças ao governo federal.

0

Banqueiros e economistas preocupados com a situação econômica e social do Brasil lançaram uma carta aberta à sociedade exigindo medidas de combate à pandemia. O documento deve ser entregue ao Ministério da Economia e aos presidentes do Supremo Tribunal Federal, do Senado e da Câmara nesta segunda (22).

A carta já possui mais de 500 assinaturas, incluindo nomes importantes do mercado financeiro, como, por exemplo, o conselheiro do Itaú Unibanco, Pedro Moreira Salles, e o presidente do Credit Suisse, José Olympio Pereira.

Junto ao grupo de economistas assinam a carta aberta os ex-ministros da Fazenda Pedro Malan, Maílson da Nóbrega, Marcílio Marques Moreira e Ruben Ricupero, e os ex-presidentes do Banco Central Armínio Fraga, Affonso Celso Pastore, Gustavo Loyola, Ilan Goldfajn e Pérsio Arida.

Você pode gostar também

Crise da pandemia faz busca por crédito aumentar 13,7% em fevereiro

Bitcoin na Bolsa: Primeiro ETF da América Latina põe criptomoeda na B3

Quem perdeu o dia de atualizar dados no Caixa TEM perde o auxílio?

Carta aberta de economistas fala em “situação econômica e social desoladora”

Ademais, o documento retrata a situação atual do Brasil, hoje epicentro mundial da Covid-19. Os economistas alertam para a possibilidade da situação ficar ainda pior com o esgotamento dos recursos de saúde.

O documento classifica a taxa de desemprego de 14% como “a mais elevada da série histórica“. Além disso, os economistas afirmam que a queda do PIB em 4,1% afetou “desproporcionalmente trabalhadores mais pobres e vulneráveis”.

Esta recessão, assim como suas consequências sociais nefastas, foi causada pela pandemia e não será superada enquanto a pandemia não for controlada por uma atuação competente do governo federal“.

Estamos no limiar de uma fase explosiva da pandemia, e é fundamental que a partir de agora as políticas públicas sejam alicerçadas em dados, informações confiáveis e evidência científica. Não há mais tempo para perder em debates estéreis e notícias falsas. Precisamos nos guiar pelas experiências bem-sucedidas, por ações de baixo custo e alto impacto, por iniciativas que possam reverter de fato a situação sem precedentes que o país vive“, disseram os economistas.

Por fim, para conter a crise econômica os banqueiros e economistas sugerem quatro medidas “indispensáveis”:

  • acelerar o ritmo de vacinação;
  • incentivar o uso de máscaras, com distribuição gratuita e orientação educativa;
  • implementar medidas de distanciamento social no âmbito local com coordenação nacional;
  • criar um mecanismo de coordenação do combate à pandemia em âmbito nacional.

Enfim, o que achou da matéria?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Nelson Antoine / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...