Saiba como usar o FGTS na compra da casa própria

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, é um benefício dos trabalhadores com carteira assinada, em que o patrão é responsável por depositar mensalmente o equivalente a 8% do salário. Portanto, saiba aqui neste artigo como usar o FGTS na compra da casa própria. Tire as suas dúvidas.

Leia também:

Aposentado do INSS que ganha acima do salário mínimo receberá 3,43% de reajuste.

Saiba por que o FGTS é um dos piores investimentos para o seu dinheiro.

Saiba como usar o FGTS na compra da casa própria

Primeiramente, ao longo do tempo acumula-se um valor, o qual só pode ser retirado nas seguintes situações:

  • Demissão sem justa causa;
  • Fim de contrato;
  • Aposentadoria;
  • Doença grave, como HIV ou câncer.
  • Dentre outros.

E, inclusive, quando se deseja comprar a casa própria, o FGTS pode ser sacado para o investimento! Portanto, a seguir, saiba como funciona e como usar o FGTS neste caso.

Valor disponível para saque

Você sabia que é possível acompanhar o valor existente na sua conta de FGTS? Para isso, basta se cadastrar no site, informar o número do telefone, e receberá via SMS informações atualizadas.

Quando se deseja comprar a casa própria, o valor do FGTS pode ser sacado em sua totalidade ou parcialmente, ficando a critério do consumidor.

Quando é possível utilizar o FGTS

Apesar de ele poder ser sacado para a compra da casa própria, existem alguns requisitos para tal! Dentre eles, estão:

  • Ter carteira assinada há pelo menos 3 anos;
  • Não ter financiamento ativo no sistema financeiro de habitação;
  • Não ser proprietário de imóvel algum no município onde se deseja adquirir;
  • Ademais, obrigatoriamente, deve-se morar ou trabalhar na cidade onde deseja comprar o imóvel.

Para realizar o saque

Agora que você já sabe se preenche os requisitos, poderá ir até uma agência física da Caixa Econômica Federal, portando alguns documentos que comprovem seus dados pessoais e também da compra do imóvel.

Para isso, você precisa levar:

  • Carteira de trabalho;
  • Documentos do imóvel a ser adquirido, como certidão de matrícula e cópia do IPTU;
  • Comprovante de residência atual;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Documento de identificação com foto;
  • CPF.

Por fim, o dinheiro demora de 3 a 5 dias úteis para poder ser sacado. Portanto, então se pode dar continuidade na compra da casa!

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Sobre o autor Ver Posts Author website

EDUARDO MENDES

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades.
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fundador dos sites Optclean Tecnologia, Conexão Estudante e Seu Crédito Digital.

Comentários no Facebook