Há algumas semanas, vários trabalhadores que teriam direito ao saque emergencial do FGTS de até R$ 1045 estão sendo surpreendidos ao tentar receber o benefício. Para esses trabalhadores, o saque emergencial do FGTS está temporariamente suspenso e, por isso, eles não conseguem receber o valor a que tem direito. Na maioria dos casos, a suspensão de deve a problemas no cadastro. Se você for um desses beneficiários que tiveram o saque emergencial do FGTS suspenso, então leia essa matéria e descubra como voltar a ter direito ao saque emergencial do FGTS.

É provável que você também goste:

Prorrogação do auxílio emergencial até dezembro está mais próxima de se tornar lei

Empréstimo sem consulta ao SPC/Serasa: Como funciona a antecipação do FGTS

ADIQ lança sua solução de link de pagamentos white label e mira varejistas com operações em redes sociais

Como voltar a ter direito ao saque emergencial do FGTS de até R$ 1045

Para quem teve o direito ao saque emergencial do FGTS suspenso, o motivo foi que a Caixa não conseguir abrir as contas poupança digitais por falta de informações. Entre as informações que causaram os problemas no cadastro estão, por exemplo, data de nascimento, endereço, nome da mãe, RG (registro geral) e data de emissão do RG. De acordo com a Caixa, apenas quem está com os dados devidamente atualizados pode receber a transferência.

A princípio, o banco não tinha avisado aos trabalhadores sobre as inconsistências no cadastro; somente informou que a abertura das contas poupança digitais seria automática. Agora, a Caixa orienta os trabalhadores a consultar a situação do saque emergencial no aplicativo FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS. Lá, será possível verificar a situação do cadastro e atualizar os dados.

Saque emergencial

O procedimento pode ser feito a qualquer momento, independentemente da data prevista para o depósito dos R$ 1.045 na conta poupança digital. Basta o usuário, ao abrir o aplicativo, clicar no botão “saque emergencial”, preencher os dados e autorizar a abertura da conta digital em seu nome.

Para quem ainda está longe de receber o depósito, a atualização dos dados resolve os problemas. Sendo assim, basta esperar o dia do recebimento. Para quem deveria ter o dinheiro depositado nas últimas semanas, a Caixa promete que o crédito será reprogramado, com o trabalhador acompanhando o aplicativo para saber a data do pagamento.

Até agora, receberam os R$ 1.045 do FGTS trabalhadores nascidos em janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.

Outros recursos

Outros meios de verificar a situação do saque emergencial do FGTS são o site e o telefone 111. A atualização dos dados, no entanto, só está disponível no aplicativo.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: Agência Brasil

Imagem destacada: fizkes / Shutterstock

Sobre o Autor

Jadre Marques Duarte Junior

Redator-chefe

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Apaixonado por marketing, comunicação e finanças, possuo mais de 8 anos de experiência na área de T.I. aplicada a serviços financeiros.

Ver todos os artigos