Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Conta de água terá aumento de quase 10% no preço; saiba mais

Saiba mais sobre o aumento de quase 10% no preço da conta de água e como isso pode impactar o seu bolso. Leia mais e veja detalhes!

A partir do próximo dia 1º de junho, os residentes do Distrito Federal serão impactados por uma modificação nas contas de água e esgoto. Esta atualização tarifária permanecerá em vigor até o dia 31 de maio de 2025 e resultará em um aumento de 9,88% sobre os custos atualmente aplicados. Tal ajuste afetará diretamente os consumidores, refletindo-se nas suas despesas mensais.

Segundo o documento publicado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), o reajuste afetará todas as categorias de imóveis. Por exemplo, a tarifa fixa residencial passará de R$ 9,26 para R$ 10,18. Ademais, para as taxas sociais, o aumento será de R$ 4,41 para R$ 5,09.

Entenda os motivos por trás do aumento na conta de água

Esse ajuste tarifário foi decidido após uma série de discussões e uma audiência pública realizada em 15 de abril. Os representantes da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) justificaram a necessidade do reajuste pela inflação acumulada e pelos investimentos em infraestrutura para manutenção da qualidade do serviço prestado.

tarifa social conta de água
Imagem: Maridav / shutterstock.com

Entre 2019 e 2023, foi registrado um aumento superior a 22% nas tarifas residenciais de água e esgoto. Analisando dados históricos, verifica-se que, em 2019, o custo médio mensal era de R$ 87,35 para consumidores que utilizavam 19 m³ mensais, enquanto no final de 2023, o valor passou para R$ 106,70, destacando um aumento significativo que antecede o novo reajuste.

  • Tarifa fixa residencial 2019: R$ 87,35 por 19 m³/mês
  • Tarifa fixa residencial 2023: R$ 106,70 por 19 m³/mês

Perguntas frequentes sobre o reajuste das tarifas de água

  1. Quais categorias de imóveis serão afetadas? Todas as categorias, incluindo residenciais e comerciais.
  2. Houve oposição ao reajuste? Apesar de ponderações durante audiências públicas, o reajuste foi aprovado pela necessidade de cobrir custos operacionais e de investimento.
  3. Como posso economizar água para diminuir o impacto da tarifa? Adotar práticas de consumo consciente de água. Como verificar vazamentos e usar dispositivos de baixo consumo, pode ajudar.

Dessa maneira, este ajuste tarifário é uma resposta às necessidades operacionais e de manutenção do sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Outrossim, buscando garantir a sustentabilidade e eficiência dos serviços oferecidos à população do DF.

Veja também:

Afinal, quem tem prioridade na restituição do Imposto de Renda 2024?

Os moradores podem consultar a tabela completa de tarifas e mais detalhes sobre o reajuste no site oficial da Adasa ou entrar em contato com a Caesb para esclarecimentos adicionais. Enquanto os reajustes podem pesar no orçamento familiar, são essenciais para a manutenção de uma infraestrutura que garante água e saneamento de qualidade para todos os residentes do Distrito Federal.

Imagem: bakhistudio / shutterstock.com