O Banco Santander anunciou hoje (24), medidas para ajudar os pequenos empresários na crise econômica gerada pela quarentena do coronavírus. Além de oferecer ZERO tarifas para MEI (microempreendedor individual) por até dois meses, também concedeu carência de três meses para o pagamento da primeira parcela de linhas de capital de giro. Isso é uma excelente iniciativa, pois trata-se de uma tentativa de dar um alívio aos pequenos empreendedores. Infelizmente, são os que mais irão sofrer com a crise do confinamento das pessoas.

É provável que você também goste:

Renda Básica de Emergência: até R$ 1.500 por família para enfrentar a crise do coronavírus

INSS divulga novo calendário de saques do 13° salário de aposentados.

Projeto de Lei garante pagamento em DOBRO para beneficiários do Bolsa Família

Como aproveitar ZERO tarifas para MEI no Banco Santander?

Primeiramente, para ter acesso a ZERO tarifas para MEI, é necessário que o empresário receba diretamente em sua conta do banco Santander o dinheiro das vendas realizadas em qualquer maquininha de cartão.

De acordo com o banco, o valor referente à cobrança da tarifa de pacote de serviços e de transferências eletrônicas como TEDs e DOCs poderá ser utilizado como crédito para o pagamento de contas de concessionárias (energia, água, telefonia, entre outras) em débito automático e aqueles autorizados, os chamados DDAs.

“Ambas as iniciativas têm como objetivo dar liquidez ao empreendedor neste momento de redução da atividade econômica, permitindo também uma melhor gestão do orçamento e de seus pagamentos”, informa o Santander, em nota.

Por fim, cabe ressaltar que o período de contratações, vai até 30 de abril. O Santander também participa da iniciativa de prorrogar por até 60 dias o vencimento de parcelas de crédito para clientes adimplentes. A regra vale tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, em linha com uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Manuel Esteban via shutterstock