Correios voltam para a mira da privatização pelo governo Bolsonaro

0

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos chegou a ser descartada das privatizações no governo Bolsonaro. Entretanto, de acordo com matéria publicada no G1, o presidente Jair Messias Bolsonaro estaria preparando a privatização dos Correios. A informação foi divulgada na última quinta-feira (18), pelo portal G1.

É provável que você também goste:

Correios abrem PDV 2019: será que será privatizado mesmo?

Correios voltam para a mira da privatização pelo governo Bolsonaro

Conforme o o governo, o modelo de negócios dos Correios estaria ultrapassado. Contudo, a empresa continua tendo um alto valor estratégico, necessitando apenas ser renovada para enfrentar os novos desafios, principalmente o crescimento das vendas on-line.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou em uma entrevista ao canal Globo News, que os Correios estariam na lista das empresas a serem privatizadas. E ainda, durante a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro chegou a cogitar a hipótese de vender os Correios. Entretanto, logo depois de assumir a Presidência, teve um movimento ao contrário disso. Porém, agora parece que o presidente se convenceu da necessidade dessa venda.

Segundo o Planalto, os Correios possuem um modelo de negócios superado. Portanto, para que os Correios possam sobreviver, é necessário ter menos amarras, tornando-se mais competitivo. Desde 2005, empresa se tornou centro de uma série de escândalos de corrupção, principalmente o Mensalão. O seu fundo de pensão Postalis, também foi alvo de investigações por denúncia de desvio de recursos dos empregados. Portanto, há cinco anos, os aposentados dos Correios acabaram tendo um desconto de até 25% em seus benefícios para tentarem cobrir as perdas do fundo de pensão.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma afirmação na última quarta-feira (17) que a lista de privatizações de estatais feita pelo governo inclui empresas que ninguém espera serem vendidas.

“Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”, disse o ministro em entrevista à “Globo News”. O que ninguém esperava, é que ele se referia aos Correios.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe nossas notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar