Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Credicard explica por que o limite do seu cartão de crédito pode ser reduzido

0

São vários os critérios que fazem com que o limite do cartão de crédito seja reduzido. Entenda o que a Credicard explica sobre o assunto.

É provável que você também goste:

Cartão Carrefour dá descontos nas compras e parcelamento em 24 vezes

Next, banco digital do Bradesco, lança nova versão do app com novas soluções

Senado aprova projeto que proíbe corte de água e luz às sextas-feiras e em véspera de feriado

Credicard explica por que o limite do seu cartão de crédito pode ser reduzido

Cada banco que aprova um cliente para ter uma conta corrente libera também um determinado limite para o cartão de crédito. Sendo assim, o poder de compra das pessoas aumenta através do parcelamento em diversas vezes. 

Contudo, muitas vezes os brasileiros não conseguem honrar o pagamento em dia da fatura do cartão de crédito. Assim, a Credicard explica o que pode acabar levando à redução do limite do cartão de crédito. Uma explicação é justamente ajudar as pessoas a organizar as finanças para então conseguirem se recuperar das dívidas.

Por que o limite do cartão de crédito pode ser reduzido?

A redução do limite de um cartão de crédito existe para que as pessoas não fiquem endividadas. No time de dados da Credicard, existem especialistas que analisam de perto as finanças dos clientes. Dessa forma, a empresa acredita conseguir contribuir com a situação financeira dos brasileiros.

Os dados analisados são:

  • Histórico de pagamento das faturas;
  • Pagamento em dia ou com atraso;
  • Pagamento de fatura parcelado ou à vista;
  • Empréstimos com pagamentos pendentes – inclusive em outras instituições financeiras.

Caso a análise dê um resultado considerado de risco, o limite do cartão de crédito poderá ser reduzido para que os gastos sejam controlados.

Se o pagamento das faturas for feito em dia, ainda assim o limite pode ser reduzido?

Como a análise de dados leva em consideração muitos fatores, não é apenas o pagamento em dia que vai garantir que o limite do cartão de crédito permaneça igual. Portanto, as chances são menores, mas não é impossível que mesmo pagando em dia as faturas, o limite acabe sendo reduzido.

Veja algumas dicas importantes para evitar essa situação:

1. Antes de realizar qualquer compra, confirme se você realmente conseguirá realizar os pagamentos em dia.

2. Esteja sempre atento às datas de vencimento das faturas, que podem ser diferentes se você tem mais de um cartão de crédito e boletos para pagar.

3. Caso uma compra grande tenha sido parcelada, espere o fim destas parcelas antes de criar uma nova dívida de valor elevado. O mesmo vale para os empréstimos.

Mas mesmo com estas dicas, existem clientes que acabam acumulando contas parceladas no crédito. E nestes casos, será melhor diminuir o limite.

Como a redução do limite do cartão de crédito é informada?

A Credicard informa que sempre que o limite do cartão for reduzido, o cliente é avisado de diferentes formas:

  • No aplicativo Credicard;
  • SMS no telefone cadastrado;
  • Ou até mesmo na fatura do cartão de crédito.

Por isso é preciso sempre manter dados de cadastro atualizados no aplicativo Credicard. Dessa forma, você garante que será avisado caso algo seja alterado no seu limite.

É possível que o limite do cartão aumente de novo?

Assim como é feita uma análise para ajudar no controle das finanças, a Credicard também entende que se as contas estão em dia, é possível que o limite do cartão de crédito volte a subir.

Mas além do controle feito pelos analistas, é importante que cada pessoa também entenda o seu orçamento e mantenha as contas controladas.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: crazystocker, via Shutterstock.

Comentários
Carregando...