Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

22 bancos podem oferecer crédito com garantia do BNDES a PMEs. Saiba quais são eles

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou nesta quinta-feira (16), que habilitou 22 instituições financeiras para trabalharem com o PEAC (Programa Emergencial de Acesso a Crédito), com o objetivo de fazer com que pequenas e médias empresas tenham acesso a financiamentos durante a pandemia do novo coronavírus. Saiba quais são os bancos, como funciona a garantia do BNDES.

É provável que você também goste:

Alunos de escola pública poderão ganhar auxílio inclusão digital

Câmara aprova benefício de R$ 600 para atletas e outras ações de socorro ao esporte

Cuidado: Receita Federal agora vai cruzar pagamentos do Auxílio Emergencial com o Imposto de Renda

22 bancos podem oferecer crédito com garantia do BNDES a PMEs. Saiba quais são eles

Entre os bancos estão os maiores privados do Brasil: Itaú Unibanco, Bradesco, Santander Brasil e BTG Pactual. Ademais, confira a relação completa das instituições habilitadas, logo a seguir.

Habilitadas

  • Desenbahia
  • Badesc
  • Agência de Fomento do Estado de São Paulo – Desenvolve SP
  • Agência de Fomento do Paraná – Fomento Paraná
  • ABC Brasil
  • Bocom BBM
  • Bradesco
  • BTG Pactual
  • CNH Industrial Capital
  • Daycoval
  • Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais – BDMG
  • Banrisul
  • GMAC
  • Banco Industrial do Brasil
  • John Deere
  • Banco Moneo
  • Safra
  • Santander
  • Sofisa
  • Caruana Financeira
  • Itaú Unibanco
  • Omni Banco

Como funciona o PEAC – crédito com garantia do BNDES a PMEs

Primeiramente, o PEAC – Programa Emergencial de Acesso a Crédito, é um programa que oferece garantias de 80% nos empréstimos e financiamentos a pequenas e médias empresas, no âmbito do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), que foi viabilizado via medida provisória publicada no início de junho.

Enfim, os empréstimos garantidos pelo PEAC vão de R$ 5.000 a R$ 10 milhões por empresa, em cada agente financeiro. Ademais, as instituições podem usar a garantia do programa para os empréstimos indiretos do BNDES ou os créditos utilizando seus próprios fundos, informou o banco de fomento.

O FGI já possui disponíveis R$ 5 bilhões do Tesouro Nacional para o uso do programa, que podem alavancar até R$ 25 bilhões de novos créditos, afirmou o BNDES. A taxa de juros para os empréstimos contratados com garantia será negociada entre a empresa e o agente financeiro.

Por fim, de acordo com o BNDES, a taxa média praticada por cada agente financeiro em sua carteira não poderá exceder 1,2% ao mês, sob pena de redução da cobertura do programa.

Como aderir ao PEAC?

A habilitação teve início no dia 1º de julho e poderá ocorrer a qualquer tempo durante a vigência do programa, que vai até 31 de dezembro de 2020. Entretanto, é provável que a maioria das habilitações ocorra em julho e agosto.

As empresas que desejam obter um financiamento com a garantia do PEAC podem obter mais informações aqui.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Photocarioca via shutterstock

Comentários
Carregando...