Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Detran amplia a emissão da nova carteira de identidade; saiba mais

Detran facilita obtenção da nova identidade. Simplifique sua vida com o novo documento. Solicite já o seu!

A partir do início da próxima semana, um novo capítulo na identificação civil nacional será escrito. O Detran do Rio de Janeiro (Detran.RJ) anunciou que cidadãos de até 50 anos agora podem solicitar a nova Carteira de Identidade Nacional (CIN). Este documento inovador promete mais segurança e integridade no processo de identificação dos brasileiros.

Para obter a CIN, os interessados devem apresentar a certidão de nascimento ou de casamento original e o CPF. Dessa forma, quem ainda não possui CPF pode se inscrever através do site da Receita Federal ou nas unidades conveniadas, incluindo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios e cartórios de Registro Civil. Sem essa inscrição, será fornecido o modelo antigo do RG.

Quais são as vantagens do novo modelo de identidade?

mulher segurando carteira de identidade
Imagem: Pedro Ignacio / Shutterstock.com

Assim, o advento da CIN marca um avanço importante na luta contra as fraudes de identidade. Segundo Glaucio Paz, presidente do Detran.RJ, “o novo modelo de identidade é crucial para dificultar fraudes, unificando o número de identificação em todo o país”. Além disso, a CIN vem equipada com diversas características de segurança modernas, como um QR Code e um código internacional MRZ.

A CIN não apenas integra modernos elementos de segurança visual e digital, mas também fornece maior confiabilidade e controle sobre a veracidade dos dados. Outrossim, o QR Code integrado ao documento possibilita a rápida verificação da autenticidade e a situação atual do documento, indicando se este foi furtado, clonado ou extraviado.

Quando e como você pode obter a CIN?

Assim, a implementação da nova CIN começou gradualmente, inicialmente destinada a crianças de até 11 anos e, subsequentemente, expandindo a faixa etária de elegibilidade. Desde janeiro do ano passado, quando o projeto foi iniciado, já foram emitidas mais de 569 mil CINs. A partir de agora, qualquer cidadão até os 50 anos pode solicitar o documento, o qual é emitido gratuitamente em sua primeira via.

Veja também:

Gerdau anuncia demissão de mais de 400 trabalhadores em MG

Adicionalmente, a versão digital da CIN pode ser acessada através do app Gov.br. Após a emissão da versão física, basta baixar o aplicativo e registrar-se para ter sempre seu documento à mão, no seu celular, facilitando o uso cotidiano e garantindo que suas informações estejam sempre acessíveis seguramente.

Imagem: Pedro Ignacio / Shutterstock.com