Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Dívida após 5 anos no SPC ou Serasa deixar de existir? Saiba mais

Confira mais sobre a tal "dívida caducada" e veja se você não precisa mesmo pagá-la.

0

Se você já esteve em dívida com órgãos como SPC/Serasa, ou conhece alguém que passou por essa situação, certamente já deve ter ouvido falar sobre a tal “prescrição”, ou sobre dívidas “caducadas”. Ou seja, se você não pagar uma dívida, em cinco anos ela prescreveria, e você não teria mais obrigação de quitá-la. Porém, será que é isso mesmo? A dívida simplesmente deixa de existir?

Na verdade, não. Após o período de 5 anos, a dívida sai do Serasa, do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), mas ainda continua a existir. Entenda como isso funciona a seguir e veja o acontece com sua dívida após 5 anos.

O acontece com sua dívida após 5 anos no Serasa ou SPC? Pode deixar de pagar?

Portanto, em primeiro lugar, é preciso dizer que sim, se a dívida não for paga dentro do prazo de 5 anos, ela caduca. Assim, ela sai da lista dos serviços de proteção ao crédito, como Serasa, SPC ou Boa Vista SCPC, e seu nome fica limpo. Além disso, a dívida não entra mais no cálculo do score de crédito.

Mas, como explicamos, isso não significa que a pendência deixe de existir. Por isso, você ainda pode negociá-la e fazer o pagamento. Outro ponto é que ela continua constando no Registrato, ou seja, no seu histórico financeiro no Banco Central. Em geral, os bancos e instituições consultam essas informações durante uma análise de crédito. Sendo assim, dívidas caducadas também podem complicar sua vida na hora de conseguir crédito.

Então, resumindo, depois de cinco anos, o nome da pessoa endividada fica limpo. No entanto, a pendência continua lá. Ademais, há uma possibilidade do credor entrar com uma ação judicial, desde que isso aconteça durante o prazo prescricional da dívida, que atualmente é de cinco anos.

Dessa forma, é importante se atentar à cobrança de dívidas, sobretudo se elas já estiverem “vencidas”. Afinal, após esse período de prescrição, você não pode mais ser cobrado pela dívida.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...