Dólar bate recorde, mais uma vez. Nos últimos dias, o dólar está em alta e batendo recordes sucessivamente. O maior valor nominal da história do dólar era de R$ 4,2850, mas foi superado no dia 31 de janeiro. Todavia, este valor tem sido ultrapassado pela cotação desde a última sexta-feira (07). Nesta quarta-feira (12), a moeda norte americana atingiu a cotação de R$ 4,3505 e analistas já acreditam que o dólar poderá chegar em breve a R$ 4,40. O dólar turismo chegou a atingir impressionantes R$ 4,78 nas casas de câmbio do Rio de Janeiro.

É provável que você também goste:

Ibovespa chega perto dos 117 mil pontos com menor risco do coronavírus

Fintech SalaryFits conquista o mundo com solução B2B2C

7 franquias gourmet para aproveitar a tendência e ganhar dinheiro

Dólar bate recorde nominal pela 4ª vez consecutiva

O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (12), especialmente diante da divulgação de dados decepcionantes do varejo brasileiro, e do maior otimismo quanto à contenção da epidemia do coronavírus na China.

A alta da moeda norte-americana acumula 0,55% de correção. Na máxima da sessão, chegou a R$ 4,3535, também o maior valor nominal (ou seja, sem considerar a inflação) já alcançado durante as negociações.

Confira mais cotações:

  • Ao longo do mês, o dólar acumula valorização de 1,53% e, no ano, de 8,5%.
  • O dólar turismo, vendido nas casas de câmbio, fechou a R$ 4,54 sem acréscimo do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).
  • Na terça, a moeda encerrou a sessão vendida a R$ 4,3269, em alta de 0,10%.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Pinon Road via shutterstock