Em 10 anos o Gás de cozinha teve um aumento 101,3%

Confira os principais motivos para o aumento do preço do gás e se o crescimento será constante.

0

A taxa de câmbio em conjunto com a desvalorização do real e aumento no preço internacional do petróleo fazem com que o custo do insumo fique nas alturas.

De acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), o valor do botijão de gás está custando em média R$76,83. 

Comparado ao ano de 2011, quando o insumo custava R$ 38,16, observa-se que ao longo do tempo o produto sofreu acréscimo de 101,3%.

No último ano, o gás chegou a receber aumento de 9,24%, o que representa o dobro dos 4,25% da inflação de 2020. 

É provável que você também goste:

Como consultar todas as dívidas no seu CPF por meio do REGISTRATO do Banco Central

Site “Fui Vazado” é derrubado por ordem do STF

Por que o preço do gás de cozinha aumentou com o tempo

São, pelo menos, duas as possíveis explicações para o aumento no preço do gás: a desvalorização do real e a mudança no sistema de cálculo no preço do botijão durante o governo de Michel Temer. 

Além disso, o Brasil utiliza como base o mercado nacional e, com as mudanças do preço do gás somado às variações cambiais do dólar, o preço do insumo aumentou gradativamente. Em 2020, foram cinco reajustes negativos e nove positivos, com alta total de 21,9%. 

Como o cálculo se baseia na paridade de importação, pautada em cotação internacional, o bolso do cidadão médio foi particularmente atingido. As empresas, por outro lado, aumentaram seus lucros.

Oscilação no preço do gás de cozinha

Existe outro fator que infere no preço do gás: a atual política de preços que prevê reajustes desde 2019, sem periodicidade definida. 

Devido ao desfalque no controle de varejo, o preço do gás tende a oscilar dependendo da distribuição e comercialização de cada local. 

O que esperar do gás de cozinha nos próximos meses 

Apesar da expectativa otimista de uma provável retomada econômica no Brasil em 2021, a tendência é de que o preço do gás continue a subir. 

Em suma, a demora da vacinação empaca a recuperação econômica, o que pressiona a taxa de câmbio e leva a uma desvalorização do real em relação ao dólar. Consequentemente, gera-se um aumento no custo, logo os principais responsáveis pelo aumento do preço são o preço internacional do petróleo e à taxa de câmbio. 

Gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do Facebook, Twitter e Instagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: Marian Weyo/shutterstock.com

Comentários
Carregando...