Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Entenda o que é o consignado para auxílio-acidente e quais os possíveis riscos

Saiba o que é o empréstimo consignado com auxílio-acidente, como funciona, quais são suas vantagens e cuidados!

O auxílio-acidente é uma forma de suporte financeiro destinada a compensar trabalhadores que sofreram acidentes impactando permanentemente sua capacidade laboral. Diferentemente do auxílio-doença, este benefício pode ser acumulado com o salário, caso o beneficiário continue capaz de exercer alguma atividade profissional.

Mas, será que vincular este benefício a créditos consignados é uma decisão prudente? Descubra a resposta para essa pergunta e as demais informações sobre o tema a seguir!

Auxílio-acidente consignado é tema de um projeto de lei

Pessoas, que aparentemente sofre acidente, tendo a mão enfaixada e em uma cadeira de rodas.
Imagem: jcomp / freepik.com

O projeto de lei que libera empréstimo consignado para quem recebe auxilio-acidente teve a autoria Pompeu de Matos (PDT-RS) em novembro do ano passado. Neste mês, o deputado solicitou urgência para análise da proposta na Câmara dos Deputados.

Assim, a proposta define um limite máximo de empréstimo consignado em 45% da renda. Esse valor divide-se em duas partes, sendo 40% para empréstimos, financiamentos e arrendamentos mercantis. Já os outros 5% vão para a amortização de despesas realizadas pelo cartão de crédito consignado ou cartão consignado de benefício, ou para saques por meio desses cartões.

Quais são os riscos, afinal?

O professor Ahmed El Khatib, da Fecap e da Unifesp, afirmou que optar por empréstimos consignados ao receber o auxílio-acidente pode não ser a melhor decisão. Ele explicou ao portal UOL que associar um benefício social a um empréstimo pode trazer riscos. O benefício destina-se a auxiliar alguém em situação de vulnerabilidade após um acidente de trabalho.

Apesar dos riscos, existem aspectos positivos no crédito consignado. Carlos Castro, planejador financeiro certificado pela Planejar, também ao UOL, aponta que os juros mais baixos do consignado são atraentes. Castro destaca que, como o desconto ocorre diretamente na folha de pagamento, o risco de não pagamento se reduz. Logo, isso possibilita aos bancos oferecerem taxas menores.

Veja também:

Afinal, MEI pode solicitar auxílio-maternidade? Confira!

Essa modalidade de crédito para quem recebe auxílio-acidente, portanto, pode ser uma alternativa para quitar dívidas com juros mais elevados, como as provenientes do cheque especial ou cartão de crédito. 

Imagem: jcomp / freepik.com