Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

FGTS Digital: conheça todas as vantagens da plataforma

Você já conhece o FGTS Digital? Neste artigo, é sobre isso que nós vamos falar. Então clique aqui e confira o que preparamos para você!

A transformação digital em diversas frentes da administração pública ganha agora mais um importante aliado. Na última sexta-feira (1°), foi lançado oficialmente o FGTS Digital, uma plataforma desenvolvida pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Ela promete trazer mais eficiência na gestão desse importante recurso de trabalhadores e empresas.

A concepção do FGTS Digital se deu com o intuito de otimizar todo o sistema de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Além disso, objetiva-se unificar informações provenientes de variadas fontes.

O projeto engloba desde a arrecadação até a prestação de informações aos empregadores sobre a fiscalização, apuração, lançamento e cobrança de valores devidos.

Administração do FGTS Digital

A administração do FGTS permanecerá sob responsabilidade da Caixa Econômica Federal (CEF).

No entanto, a plataforma integrará informações de remuneração e dados de outros sistemas, como o eSocial e o Pix Caixa. 

Entenda as vantagens

Cofre de porquinho, calculadora, caneta e celular com logo do FGTS
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

O uso do FGTS Digital representará uma economia de aproximadamente 36 horas mensais para as empresas. Estas poderão contar com ferramentas como: geração de guias personalizadas, cálculo de indenização compensatória, consulta de extratos detalhados dos trabalhadores, entre outros recursos.

A nova funcionalidade trará, ainda, mais transparência ao recolhimento do FGTS, assegurando a efetivação dos direitos dos trabalhadores. Além disso, a plataforma ajudará a eliminar burocracias e custos adicionais, reduzir despesas com tarifas pagas à rede arrecadadora, e diminuir a postergação da arrecadação anual.

O FGTS Digital na prática

Dentre as principais funcionalidades do FGTS Digital estão:

  • a emissão de guias rápidas e/ou personalizadas;
  • a consulta de extratos de pagamentos realizados;
  • a verificação de débitos em aberto;
  • o pagamento da multa indenizatória com base nas remunerações devidas de todo o período trabalhado;
  • e a individualização dos extratos de pagamento.

A plataforma também contempla um conjunto de sistemas informatizados destinados a gerenciar os diversos processos que envolvem o recolhimento do FGTS, o que inclui a geração de guias personalizadas, simulação de valor da indenização compensatória, recolhimento simultâneo de vários trabalhadores, entre outros.

Veja também:

Banco de horas negativo pode ser descontado em salários, decide o TST

Com a entrada em vigor do FGTS Digital, espera-se uma otimização nos processos de transferência de valores para a conta do trabalhador. As empresas passarão a fazer o depósito do FGTS por meio do Pix, substituindo o uso de boletos, e unificando o recolhimento de valores de vários meses em uma única guia. 

Imagem: Diego Thomazini / shutterstock.com