Restituição do imposto de renda: 5º lote será pago em outubro

40
Compartilhamentos
500
Visualizações

A Receita Federal vai pagar no dia 15 de outubro o 5º lote da restituição do imposto de renda. Os lotes normalmente são pagos de acordo com a data de envio da declaração ao banco de dados da Receita. Exceto nos casos prioritários, como para portadores de doenças graves, pessoas com idade superior a sessenta anos, e profissionais do magistério, cuja restituição é liberada antes. O valor será corrigido pela variação da taxa básica de juros, a Selic, e isenta de impostos. A consulta deve ser liberada na terça-feira (08).

É provável que você também goste:

Dependentes de trabalhadores falecidos poderão retirar saque-aniversário do FGTS, saiba como

Super Conta BMG: crédito em até 24 horas, sem consulta ao SPC e Serasa

Restituição do imposto de renda: 5º lote será pago em outubro

Para saber se você será contemplado neste lote, é possível verificar na página da Receita Federal, pelo Receitafone 146, ou através do aplicativo da Receita Federal – APP Pessoa Física, que está disponível nas plataformas Android e iOS.

Confira as datas de pagamento dos lotes de restituição do imposto de renda:

  • 5º lote: 15 de outubro
  • 6º lote: 18 de novembro
  • 7º lote: 16 de dezembro

Entenda o status da sua declaração

Se você for contemplado, aparecerá a mensagem ‘Situação da Restituição: Creditada’. Caso a restituição não tenha sido creditada, basta ligar para a Central de Atendimento BB 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos) ou entre em contato com qualquer agência do Banco do Brasil S.A. para solicitar/reagendar o crédito.

Todavia, para quem ainda não for contemplado nesse quinto lote, podem aparecer as seguintes mensagens na consulta:

Em processamento

A declaração foi recebida, mas o processamento ainda não foi concluído.

Em fila de restituição

O documento foi processado, mas o valor ainda não foi disponibilizado no banco. Contudo, para receber a restituição, o contribuinte não pode ter pendências de débitos na Receita Federal ou na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Processada

A declaração foi recebida, com seu processamento concluído. Todavia, isso não significa que o resultado tenha sido homologado. Ou seja, pela lei, ele pode ser revisto em até cinco anos.

Com pendências

Durante o processamento da declaração, a Receita encontrou pendências de informações. O contribuinte precisa regularizá-las.

Em análise

A declaração foi recebida e encontra-se na base de dados da Receita, que aguarda a apresentação dos documentos solicitados ao contribuinte ou ainda não terminou a análise dos documentos entregues.

Retificada

A declaração anterior foi substituída integralmente pela declaração retificadora apresentada pelo contribuinte.

Cancelada

A declaração foi cancelada por decisão da Receita ou solicitação do contribuinte.

Tratamento manual

A declaração está sendo analisada e o contribuinte deve aguardar uma correspondência da Receita.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Eduardo Mendes

Eduardo Mendes

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fundador dos sites Optclean Tecnologia, Conexão Estudante e Seu Crédito Digital.

Próximo