A fintech Creditoo permite solicitação de empréstimo pelo WhatsApp, ou seja, trabalha 100% online. Além disso, o seu empréstimo é consignado para funcionários de empresas privadas, o que significa que se a empresa possui convênio com a fintech, as parcelas são descontadas diretamente na folha de pagamento.

A startup financeira recebeu aporte financeiro, em 2016, de 1,5 milhões de dólares, sendo que um dos investidores foi o criador da Creditas, Sergio Furio. Já em 2018, a fintech passou a oferecer R$ 15 milhões em crédito consignado privado.

Leia também:

Fintech faz empréstimo pelo WhatsApp até para negativados no SPC e Serasa

Atualmente, no entanto, a Creditoo possui uma meta bastante ousada, quer alcançar uma carteira de 200 milhões de reais. Além disso, a fintech mantém a sua missão de oferecer a menor taxa de juro do mercado.

Empréstimo consignado privado da Creditoo

O empréstimo consignado privado é mais fácil de ser aprovado porque as parcelas são descontadas diretamente na folha de pagamento do cliente. Ou seja, a parcela é descontada do salário do funcionário.

Taxas de juros

A fintech, por ter a garantia do crédito consignado, pode oferecer taxas de juros menores. Ou seja, o cliente pode conseguir taxas a partir de 1,75% ao mês, garantindo que as parcelas mensais não sejam ultrapassadas em 30% da renda mensal do cliente.

Creditoo faz empréstimo pelo WhatsApp e até para negativados no SPC e Serasa

A Creditoo se destaca no mercado financeiro digital, pois permite que a operação seja realizada totalmente online. Ou seja, os clientes podem solicitar o empréstimo via celular ou PC, e ainda por intermédio do WhatsApp.

A fintech permite a solicitação do crédito via mensagens pelo app, sendo que o tempo de resposta é de no máximo 5 minutos.

Fintech dá crédito para pessoas com o nome sujo no SPC e Serasa

A Creditoo dá acesso ao empréstimo consignado mesmo o consumidor que tenha restrições financeiras. Assim, é possível quitar suas dívidas com a menor taxa de juro do mercado.

Quer solicitar o seu empréstimo pelo WhatsApp?

Para mais informações:

Enfim, gostou da dica?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.