Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Fintech M2M recebe licença da Comissão de Valores Mobiliários para registrar CRAs 

A fintech M2M (Mark 2 Market) é uma empresa de tesouraria digital.

0

Na última terça-feira (08), a fintech M2M ganhou uma licença da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Dessa forma, a empresa pode trabalhar como central depositária de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA). Esses certificados são um tipo de título de renda fixa do mercado financeiro. Assim, a fintech agora pode competir no setor com a B3.

É provável que você também goste:

Moedas digitais: Motivos para você confiar nas criptomoedas

Itaú Unibanco está preparado para competir com as fintechs?

Em busca de expansão, banco digital BS2 compra a fintech Weel

Fintech M2M recebe licença da CVM para registrar CRAs 

A fintech M2M (Mark 2 Market) é uma empresa de tesouraria digital. Conforme divulgação da empresa, “o colegiado tomou conhecimento da manifestação da área técnica atestando o cumprimento das condições suspensivas fixadas pelo colegiado para concessão de autorização à Mark 2 Market para prestação de serviços de depósito centralizado para certificados de recebíveis do agronegócio”.

A empresa já tinha recebido a autorização em dezembro de 2020. No entanto, esperava o aval final do CVM, o que aconteceu nesta última terça (08). A fintech M2M estima iniciar o serviço no início deste segundo semestre de 2021. 

Desenvolvida em 2010, a fintech M2M afirma que gere mais de R$ 310 bilhões em suas plataformas. Esses recursos são de securitizadoras e outros tipos de empresas, para gestão de dívidas, aplicações, derivativos. Além disso, a M2M conta com clientes como Burger King, EcoAgro, Natura, CCR e Alpargatas.

Por fim, junto ao aval da CVM, a fintech também ganhou um aporte de R$ 10,8 milhões. Esse valor tem como origem a gestora de fundos de venture capital KPTL e Mantiqueira Participações. De acordo com o fundador e presidente da M2M, Rodrigo Amato, “os recursos captados preveem a aceleração da integração de nossas soluções financeiras em um mesmo ecossistema”.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: site Brasilagro.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...