Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

FitBank no PIX: fintech vai aderir ao novo sistema de pagamentos instantâneos

Criado com o propósito de dar poder de banco às empresas, o FitBank vem se firmando como a maior plataforma de gestão de meios pagamento do país. Agora, a fintech acaba de se tornar uma das empresas ofertantes do sistema de pagamentos instantâneos (PIX). Isso permite que o FitBank seja o meio pelo qual outras empresas vão entrar pelo PIX a um custo central baixo.

É provável que você também goste:

C6 Bank ou Nubank: qual é a melhor conta digital em 2020?

Descubra aqui como investir na Bolsa de valores com menos de R$200

PIX vai facilitar muito o pagamento de contas de energia elétrica atrasadas

Conforme anúncio feito pelo Banco Central (BC) no dia 12 de agosto, o PIX passa a vigorar de forma plena em 16/11. Assim, a execução de serviços de pagamento vai ocorrer por meio de QR Code e transferências agendadas. Ainda de acordo com o BC, outras funcionalidades como pagamentos parcelados e por aproximação vão estar disponíveis em no futuro.

Uma pesquisa recente do Instituto Locomotiva mostra que há mais de 45 milhões de pessoas sem conta em banco no país. Com o PIX, cria-se uma conexão direta entre o cidadão e o estabelecimento, a um custo de transação mais baixo. Em outras palavras, isso vai tornar a cadeia de pagamento como um todo muito mais eficiente.

Para o Fitbank, PIX deve tornar o mercado mais competitivo

Para Rodrigo Pina, especialista do FitBank em negociação, pagamentos e bancos digitais, o mercado vai adotar o PIX como mais um meio de pagamento, mas de forma gradativa. “Esse sistema será responsável pela competitividade (de igual para igual) entre as fintechs, que hoje estão desconectadas do ecossistema principal. O sistema funcionará 24×7, 365 dias ao ano, e transformará qualquer cidadão em um veículo de envio e recebimento de dinheiro”, explica.

Pina reforça que, com essa funcionalidade em vigor, não vai ser mais necessária a contratação por meio de grandes instituições financeiras para envio e recebimento de dinheiro. “Agora, por meio do PIX, as pessoas terão condições de acesso de maneiras mais simples e menos custosas. Acreditamos no caminho que o Banco Central está trilhando, no poder de escolha para o cidadão, e na competição entre as instituições financeiras”, diz.

As empresas interessadas em oferecer o PIX a partir de seu lançamento em novembro, tiveram até 1º de junho para fazer a solicitação de adesão ao pagamento instantâneo brasileiro, data em que se encerrou o prazo dos pedidos. Contudo, as empresas que perderam o prazo vão ter uma nova chance a partir de 1º de dezembro.

Sobre a fintech

Desde 2015, o FitBank se tornou uma importante plataforma para gestão de pagamentos no Brasil. Regulado pelo BC, a instituição de pagamento administra uma robusta plataforma que, combinada com sua tecnologia de alto nível e controles de segurança, oferece conectividade, escalabilidade e rastreabilidade para mais de 180 mil contas digitais.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: giggsy25 / Shutterstock

Comentários
Carregando...