Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Gigante em Apuros! Starbucks é Investigado por Esconder Dívidas e Forjar Documentos!

Saiba mais sobre uma investigação que envolve o Starbucks, acusado de esconder dívidas e falsificar documentos, gerando repercussão negativa.

A SouthRock, empresa responsável pela operação da Starbucks, Subway e TGI Fridays no Brasil, está enfrentando uma investigação da Polícia Civil de São Paulo por suspeita de fraude em um financiamento de R$ 75 milhões. Assim, a investigação envolve uma suposta ocultação de dívidas para obter o financiamento das empresas da Ibiuna Investimentos e Travessia Securitizadora.

Esse esquema, se confirmado, pode ter consequências legais e reputacionais para a SouthRock e suas marcas. A investigação destaca a importância da transparência e integridade nas práticas empresariais, especialmente em transações financeiras significativas. A SouthRock ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas a investigação está em andamento para esclarecer os fatos.

Investigação e denúncias graves

Letreiro de uma das lojas Starbucks.
Imagem: Grand Warszawski / shutterstock.com

Dessa forma, segundo o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), o grupo teria forjado documentos e omitido mais de R$ 120 milhões em dívidas para viabilizar o financiamento, pouco antes de entrar em processo de recuperação judicial para reestruturar dívidas de R$ 1,8 bilhão.

O inquérito, aberto em dezembro do ano passado, tem como alvo executivos do grupo SouthRock, incluindo o CEO norte-americano Kenneth Steven Pope, o diretor financeiro Fábio David Rohr e o contabilista representante da empresa, Marcos de Jesus Carvalho.

Pedido de recuperação judicial e possíveis consequências

As empresas que realizaram o empréstimo, Ibiuna Investimentos e Travessia Securitizadora, afirmam terem sido surpreendidas pelo pedido de recuperação judicial feito pelo grupo SouthRock em outubro de 2023. Assim, os credores alegam que, se soubessem da real situação financeira do grupo na época, jamais teriam concedido o empréstimo.

Na denúncia, as empresas alegam que o Starbucks Brasil adulterou dados, ocultou e fraudou a existência de dívidas multimilionárias de outras empresas do SouthRock para acobertar o real nível de endividamento da companhia. Então, as empresas do grupo estariam devendo ao menos R$ 400 milhões, além da dívida de R$ 1,8 bilhão que levou o grupo à recuperação judicial.

O que dizem as empresas envolvidas?

Até o momento da publicação deste artigo, SouthRock e Starbucks Brasil não retornaram os contatos da imprensa para se manifestar sobre o caso. A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) também foi acionada para obter atualizações sobre o caso, mas ainda não respondeu.

Veja também:

Aposentados do INSS devem ter antecipação do 13º em maio e junho

A investigação ainda está em curso e poderá gerar sérias consequências para o grupo SouthRock e seus executivos caso sejam confirmadas as denúncias. Mais detalhes sobre o caso deverão surgir nos próximos meses conforme o andamento do inquérito e do processo de recuperação judicial da empresa.

Imagem: Grand Warszawski / shutterstock.com