Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nubank alerta clientes sobre golpe envolvendo a Receita Federal

Os golpistas estão cada vez mais criativos quando o assunto é tentar ganhar dinheiro. O mais novo golpe agora, que virou notícia no blog do Nubank, envolve o nome da Receita Federal, que até faz um comunicado alertando sobre a fraude. Nesse golpe, o criminoso pede para que você transfira dinheiro para liberar uma suposta encomenda que ficou parada na Alfândega. Se você quiser saber mais sobre esse novo golpe, então leia o texto abaixo

É provável que você também goste:

Youtubers lançam conta digital para crianças e adolescentes de qualquer idade

Cliente do C6 Bank poderá usar cartão virtual antes de receber o cartão de crédito

PicPay e Nubank são os apps de finanças mais baixados na Google Play Store e App Store

Veja como funciona o novo golpe?

A princípio, o golpista tenta fazer contato por meio das redes sociais e se relacionar com a vítima. Em geral, o golpista afirma ter boas condições financeiras, diz que vive no exterior e que uma suposta encomenda enviada ao Brasil ficou presa na Alfândega. Em algumas versões do golpe, a encomenda seria um presente para a vítima; mas em outras versões a encomenda seria algum item de sua mudança para o Brasil.

Por fim, o golpista pede à vítima que faça alguns depósitos em sua conta para poder liberar o item. Além disso, o criminoso envia mensagens com informações de falsos contatos de fiscais da Receita Federal, para tentar tornar o golpe mais convincente.

Para você não cair no golpe, a Receita Federal do Brasil (RBF) deu as dicas a seguir:

  •  Em primeiro lugar, a RFB nunca liga ou manda mensagens para cobrar pagamento para liberação de mercadorias;
  •  O pagamento de tributos federais é sempre feito por meio de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais); ou seja, ele nunca ocorre por depósito ou transferência em conta corrente;
  •  Se houver uma encomenda por via postal, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é a responsável pelos procedimentos;
  •  Caso a encomenda venha por Remessa Expressa (Courrier), deve ser por meio de uma das empresas habilitadas pela RFB (consulte neste link a lista que consta no site da Receita Federal);
  •  Por fim, caso você sofra alguma tentativa de golpe como esse que citamos neste texto, então procure a Delegacia de Polícia Civil Especializada e faça uma denúncia.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Fontes: blog do Nubank e site da Receita Federal.

Imagem: fizkes / Shutterstock

Comentários
Carregando...