O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou na tarde desta segunda-feira (30) a inclusão de 1,2 milhões de famílias na lista de beneficiários do Bolsa Família.

“No governo Bolsonaro, teremos pela primeira vez na história, o número de mais de 14.290 milhões de famílias no programa”, afirmou.

É provável que você também goste:

Bolsa Família poderá aumentar para até R$ 1500,00.

BB, Caixa, Basa e BNB vão pagar coronavoucher usando solução tecnológica

Senado aprova coronavoucher, benefício vai dar até R$ 1200 a trabalhadores.

Governo Federal amplia Bolsa Família para mais de 14 milhões de famílias

De acordo com Onyx, já foram editadas portarias para impedir a retirada de pessoas do Bolsa Família e do BPC (Benefício de Prestação Continuada). “Não haverá nenhuma família retirada dos dois programas em virtude do coronavírus”, garantiu também o ministro.

Sobre o Bolsa Família

O Bolsa Família atende às famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Ou seja, famílias com renda per capita de até R$ 89 mensais para extrema pobreza e com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais para pobreza.

Em 2019, foi pago pela 1ª vez a 13ª parcela para os beneficiários do programa. De acordo com o Ministério da Cidadania, mais de R$ 5 bilhões foram pagos a 13,17 milhões de famílias em todo o Brasil.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Tatiane Silva via shutterstock