Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo vai liberar saque exclusivo de R$ 2.500; saiba quem recebe!

Governo anuncia saque exclusivo de R$ 2.500. Leia mais e descubra quem tem direito e como será feita a liberação!

O Rio Grande do Sul enfrenta atualmente uma fase complicada. Recentemente, várias regiões foram severamente afetadas por chuvas intensas, causando inundação e desolação entre as comunidades. Diante dessa situação preocupante, o governo estadual tomou uma iniciativa com saque valioso para amenizar o impacto dessa catástrofe natural nas famílias mais vulneráveis.

As famílias em situação de extrema pobreza, residentes nas áreas que foram oficialmente reconhecidas como atingidas pelo desastre natural, terão o direito a um benefício com saque significativo. Dessa maneira, este apoio financeiro chega em uma hora crucial, visando auxiliar no processo de reconstrução das vidas dessas pessoas.

Como as famílias podem acessar o benefício?

Mão segurando dinheiro, em notas de 50 e 100 reais do saque de R$ 800
Imagem: Vergani Fotografia / shutterstock.com

Assim, para receber o auxílio emergencial, as famílias precisam estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). A importância deste cadastro é evidente, pois ele é o meio pelo qual o governo consegue identificar e auxiliar os que mais precisam. Dessa forma, sem esta inscrição, seria difícil para as famílias acessarem os benefícios destinados a suportar adversidades como estas.

O auxílio de R$ 2.500 será depositado diretamente no Cartão Cidadão, um mecanismo já utilizado pelo governo do estado para a distribuição de diversos benefícios, incluindo a restituição de parte do ICMS. Para aqueles que perderam seus cartões devido às enchentes, é possível solicitar uma segunda via nas agências do Banrisul ou por meio da central de atendimento da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz).

Outras iniciativas para suporte às famílias atingidas

Além do auxílio emergencial direto, o estado mobilizou recursos adicionais para apoiar as famílias atingidas. Ademais, uma conta PIX oficial foi criada para arrecadar doações, acumulando quase R$ 100 milhões. Esses recursos são essenciais para expansão do suporte às famílias, ampliando o alcance dos benefícios para um número maior de cidadãos impactados pelas calamidades recentes.

Veja também:

Nova proposta quer incluir MEI no seguro-desemprego

O governo planeja, com parte do dinheiro arrecadado, fornecer um auxílio subsequente no valor de R$ 2.000 para pelo menos 45 mil famílias. Dessa maneira, esta é uma clara demonstração de comprometimento e responsabilidade do governo estadual em fornecer uma rede de segurança para aqueles em condições de extrema necessidade.

Imagem: Leonidas Santana / shutterstock.com