Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Hacker invade 150 mil câmeras de segurança em todo o mundo

Empresa norte-americana está analisando a invasão

0

Recentemente, o país e o mundo têm presenciado diversos episódios de vazamento e exposição de dados. Em geral, eles apenas reforçam a falta de privacidade do ambiente online, e também a falta de segurança na proteção dos usuários. Desta vez, a empresa norte-americana Verkada, que produz equipamentos para monitoramento de ambientes corporativos, está analisando a invasão de um hacker em 150 mil câmeras de segurança.

Segundo relatos, essas câmaras estariam espalhadas em escolas, hospitais e empresas como a Tesla e a Cloudflare, por exemplo. De acordo com a Bloomberg, uma das fontes da notícia, o hacker também acessou câmeras de hospitais, prisões, clínicas e até mesmo dos escritórios da própria Verkada.

É provável que você também goste:

Saiba como declarar redução de jornada no Imposto de Renda

XP Inc. lança Instituto XP para levar educação financeira a 50 milhões de pessoas

Sem auxílio emergencial, caem gastos com supermercado, saúde e cuidados pessoais

Hacker invade 150 mil câmeras de segurança em todo o mundo. Entenda

Além disso, a agência de notícias afirma que teve acesso a imagens que mostravam enfermeiros controlando um paciente em um hospital na Flórida, policiais interrogando um suspeito em Massachusetts e até funcionários trabalhando em uma linha de montagem da Tesla, em Xangai. Entre as empresas afetadas, está a Cloudflare, responsável por fornecer serviços como redes de distribuição de conteúdo, proteção contra ataques e segurança a sistemas usados por seus consumidores.

“Fomos alertados que o sistema de câmeras de segurança da Verkada que monitora os principais pontos de entrada e circulação em alguns escritórios da Cloudflare pode ter sido comprometido. As câmeras estavam localizadas em escritórios que estão fechados há vários meses”, disse a empresa em entrevista a BBC.

Responsável por ataque explica motivos

O hacker responsável pela invasão dos dados já foi identificado. O nome dele é Tille Kottman, que assumiu por vontade própria a autoria do ataque. Assim, declarou publicamente que, entre os motivos para a invasão, estavam “muita curiosidade, luta pela liberdade de informação e contra a propriedade intelectual, uma grande dose de sentimento anticapitalista e uma pitada de anarquismo – e é divertido demais para resistir”.

A BBC também informou que o ataque não foi sofisticado e envolveu o uso de uma conta de “super administrador” para acessar os sistemas. De acordo com um porta-voz da Verkada, a empresa “desabilitou todas as contas internas de administrador para impedir qualquer acesso não autorizado”. A Polícia já foi notificada e está investigando o caso.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

imagem: alice-photo / shutterstock.com

Comentários
Carregando...