Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

iFood investe na proposta de banco de restaurantes para superar a crise

Confira movimentos da empresa para seguir crescendo em 2021

0

Na tentativa de capitalizar novas oportunidades e expandir seu negócio, o iFood está cada vez mais ampliando sua aposta em lojas de conveniência e serviços financeiros para restaurantes. O movimento acontece cerca de um ano após o maior aplicativo de entregas do país iniciar a entrega de itens de supermercado, uma vez que a pandemia e as medidas de isolamento social acabaram impulsionando o comércio digital brasileiro.

Em seguida, o iFood decidiu entrar no segmento de conveniência, plano que estava inicialmente previsto para 2021. Atualmente, a empresa com a parceria de 5 mil pequenos mercados e lojas de conveniência, distribuídos em 300 cidades. O iFood também prevê multiplicar esse número por oito nos próximos 12 meses.

É provável que você goste também:

Conheça as dark stores do Rappi com entregas em até 10 minutos

Cliente RecargaPay Prime+ tem cashback ilimitado e limite de até R$ 2 mil para pagar boletos

Nubank ou PicPay? Saiba quanto rende seu dinheiro em cada fintech

iFood investe na proposta de banco de restaurantes para superar a crise

Em entrevista a Reuters, o vice-presidente de estratégia e finanças do iFood, Diego Barreto, afirmou que a empresa já enxergava os supermercados como uma vertical de expansão natural de seu negócio. “A pandemia acelerou isso”, explicou, afirmando que entregas totais feitas pela empresa no mês passado atingiram 60 milhões. Esse número é o dobro em relação ao mesmo mês de 2020.

Por outro lado, empresas de comércio eletrônico estão cercando o setor de supermercados no Brasil desde o ano passado, à medida que buscam ampliar a recorrência de uso de seus aplicativos. Assim, o segmento cujas vendas pela internet representam hoje apenas 5% do total no país, tornou-se alvo prioritário de Mercado Livre, Magazine Luiza, B2W, e outras empresas.

Empresa busca crescer em seu mercado a partir de relacionamento com clientes

Por fim, essa ofensiva em relação aos supermercados é mais uma tentativa do iFood de manter seu ritmo de crescimento, especialmente com a crescente concorrência de nomes como Magazine Luiza e a B2W, que também entraram no segmento de entregas de refeições. De acordo com a empresa, espera-se a entrada de três a cinco empresas internacionais de entrega de refeições no Brasil nos próximos 12 meses.

Outra forma de procurar se fortalecer no setor neste ano será ampliar o relacionamento financeiro com os restaurantes clientes do iFood. Hoje, a empresa presta serviços de pagamentos para cerca de 100 mil dos 250 mil restaurantes que atende. Nesse sentido, uma das ações tem sido a expansão da oferta de crédito, seja para os próprios restaurantes, seja para seus funcionários deles. Ao todo, o iFood já emprestou R$ 200 milhões, e espera chegar a R$ 500 milhões ainda neste ano.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Beto Chagas / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...