planejamento financeiro

O planejamento financeiro nada mais é que a organização das finanças pessoais que tem o objetivo de criar um manto de proteção das necessidades do indivíduo. É uma ferramenta poderosa em que permite que seja alcançado os objetivos traçados e realize os sonhos em curto, médio e longo prazo. É extremamente importante termos as receitas e despesas controladas em nossas vidas pessoais. Com todas as possibilidades em que o mundo nos oferece, é muito fácil nos perdermos nas contas e acabar entrando em dívidas que se tornam uma verdadeira bola de neve.

Para ser uma pessoa confiável no mercado, é preciso transmitir confiança para quem estará lhe ofertando crédito. E para isso, você precisa estar completamente adequado no perfil em que a instituição financeira avaliará você. Muitas vezes, para comprar um produto de alto valor como uma casa ou um veículo, é preciso que as empresas nos forneçam crédito. Mas para isso, será necessário que você tenha indicadores bons como o score do Serasa. Lá consegue-se avaliar o seu perfil e todo o seu histórico financeiro. Caso você não seja um bom pagador, não será oferecido crédito. Aí você terá que se organizar financeiramente para conseguir poupar dinheiro e passar mais credibilidade ao mercado financeiro. Aí que entra o papel de um bom planejamento financeiro.

Leia também:

Como juntar quase R$7.000,00 em 52 semanas? Será que é possível?

Os 10 maiores erros financeiros que você deve parar agora mesmo.

As vantagens e desvantagens do cartão de crédito.

Benefícios do planejamento financeiro

planejamento financeiro

São inúmeros os benefícios que o indivíduo começa a ter quando se faz um bom planejamento financeiro. Ele começa a ter um autoconhecimento muito maior sobre sua situação financeira e os seus hábitos de consumo. É possível começar a enxergar exatamente o quanto você ganha, gasta e economiza. É comum que as pessoas gastem mais do que ganhem e isso é algo extremamente perigoso porque a conta é simples: se você gasta mais do que ganha, você está se endividando. Aí que entra o planejamento financeiro para sanar essas dificuldades.

É imprescindível ter todos os nossos gastos controlados numa planilha para conseguirmos colocar as metas e objetivos condizentes com a realidade de nossas vidas. Pensar numa vida confortável e numa aposentadoria é o caminho para estabelecer prioridades e não gastar nossas economias em algo supérfluo. Muitos dizem que não conseguem economizar dinheiro ou investir porque ganham muito pouco. Mas isso não é uma desculpa aceitável, até porque mesmo ganhando pouco, se você for uma pessoa que consegue se organizar e tem a consciência financeira adequada, é possível sim economizar. Basta começar poupando pouco inicialmente e ir aumentando gradativamente, claro que é importante avaliar as suas reais necessidades para ver se é possível aumentar.

Disciplina

A disciplina é fundamental para que você consiga ter um bom planejamento financeiro. É necessário que você organize as suas contas mês a mês, mas também consiga planejar, além do curto, o médio e o longo prazo. Assim torna-se possível colocar em prática planejamentos financeiros de duração maior e metas e objetivos maiores também.

Se foi definido, no planejamento financeiro, que você ia economizar uma quantia “X’ no mês, não abra mão desse valor. Por mais que surjam possibilidades de gastar o dinheiro, não esqueça da disciplina e foco. Pense que o dinheiro já foi embora e que nem é mais seu.

A definição de poupar é “abrir mão de recursos no presente para obter maiores possibilidades de conquistas no futuro”, mas para que elas sejam alcançadas é preciso ter muita disciplina. Claro que não é fácil, haja vista que apenas 10% das pessoas que se aposentam conseguem ser completamente independentes financeiramente. Mas claro que você pode estar dentro dessa parcela de pessoas, não é mesmo?

Controle todas as receitas e despesas

planejamento financeiro

Para se educar financeiramente, necessariamente você terá que registrar diariamente, em uma planilha, tudo o que entra e o que sai de sua conta-corrente e também controlar o cartão de crédito. Isso é importante para que seja possível se organizar e entender melhor como é a sua rotina de gastos. Assim será possível entrar realmente no controle de suas finanças pessoais.

É importante analisar as finanças e ter a consciência exata do que está sendo gasto. As dívidas no cartão de crédito ou as obrigações futuras devem estar todas registradas e ainda verificar quanto você receberá de salário e rendimentos. Assim, é possível fazer uma projeção financeira com o intuito de saber se você fechará o mês no vermelho ou não.

Pesquise muito antes de comprar um produto

planejamento financeiro

Atualmente é muito fácil encontrar produtos pela internet e mais baratos. Então não tem desculpa para comprar um mesmo produto por um preço absurdo. Compare os preços com a ajuda da internet e descubra qual é o melhor negócio para você. Adquira produtos com a melhor relação custo-benefício. Muitas vezes um produto é muito mais caro que o outro somente porque tem um recurso a mais que nem será utilizado. A internet possibilita que a pesquisa seja bem mais aprofundada e é possível economizar de 10% a 20% nas compras.

Considere a reserva financeira como uma conta a pagar

planejamento financeiro

Talvez essa seja uma das dicas mais importantes: considere que a reserva financeira seja uma obrigação a pagar. Ou seja, é mais uma conta que você precisa pagar mensalmente. Pensando desse jeito, você estará criando o hábito de economizar mensalmente como uma obrigação a fazer e com o tempo nem vai sentir mais. Só que a grande vantagem é que você não vai ver o dinheiro saindo e sim poderá comprar o que deseja e ainda aumentar o seu patrimônio. Estabeleça um percentual do seu salário eá deposite o valor. Assim você conseguir para atingir o objetivo. Mas não se esqueça que é importante que você siga à risca e todo o mês deposite, na poupança ou no investimento que desejar, a quantia estabelecida.

Plano de ação

planejamento financeiro

Por fim, elabore um Plano de Ação que nada mais é do que o planejamento total de tudo que terá que ser feito para conseguir atingir o objetivo traçado por você. Neste momento, é necessário avaliar as suas prioridades, condições financeiras e o resultado esperado.  O Plano de Ação conterá tudo o que será preciso fazer para atingir o objetivo.

Gostou do artigo? O que acha de se inteirar ainda mais sobre cartão de crédito, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado às fintechs? Curta a página do Seu Crédito Digital e acompanhe as nossas matérias em nosso site.

Sobre o autor Ver todos os posts Site

Luiz Felipe Kessler

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador do Seu Crédito Digital e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook