Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Descubra quais documentos podem aumentar a sua aposentadoria no INSS

Veja quais documentos levar na hora de solicitar abertura ou reajuste do benefício.

0

Muita gente não sabe, mas existem alguns documentos que podem aumentar o valor da sua aposentadoria. Isso mesmo: na hora de provar o valor de seu salário ao INSS, é possível selecionar alguns documentos que comprovem valores maiores do que os já cadastrados no sistema do INSS.

Isso porque muitas vezes o Cadastro Nacional de Informações Sociais contém informações desatualizadas, como salários ou contribuições menores do que as realmente realizadas. Portanto, para evitar esse problema, confira a seguir os documentos a serem separados neste dia!

6 documentos que podem aumentar a sua aposentadoria

Dessa forma, para não ter seu valor de aposentadoria reduzido sem motivos, vale separar alguns documentos que contenham as informações de sua vida trabalhista atualizada. Confira os principais deles a seguir.

1. Holerite

O holerite é um documento que possui informações sobre salários e descontos, e são entregues todo mês pela empresa ao funcionário. Desse modo, guardá-los pode ser fundamental na hora de solicitar a aposentadoria ao INSS. Caso não tenha em mãos, basta solicitar para a empresa os holerites dos últimos anos ou meses.

2. Carteira de trabalho (CLT)

As atualizações de férias, salários e trabalhos na sua Carteira de Trabalho são essenciais. E esse documento pode ser anexado em sua ficha na hora de solicitar a aposentadoria. Além disso, todas as atualizações devem constar na CLT, caso contrário sua aposentadoria pode ter um valor menor do que o de direito.

3. Contrato temporário 

Caso você tenha trabalhado em uma empresa temporariamente, o contrato assinado entre as partes poderá ser considerado para fazer o reajuste do valor da aposentadoria. O documento geralmente é entregue ao trabalhador no ato da assinatura, e o tempo de serviço que consta nele pode ser utilizado pelo INSS.

4. FGTS

O seu extrato do FGTS também pode ser de muita ajuda para o INSS. Isso porque ele conta como ponto positivo para o reajuste de valores do benefício. A depender dos valores pagos pelo empregador, você pode pedir a verificação por meio do FGTS e talvez receber um valor maior de aposentadoria. Então, solicite o documento pela internet, pelo aplicativo FGTS ou em agências da Caixa.

5. RAIS

A Rais, ou Relação Anual de Informações Sociais, é fundamental para comprovar seu tempo de trabalho. Você pode solicitar esse documento diretamente no Ministério da Economia, inclusive pelo site. Além de ser útil na hora de solicitar aposentadoria no INSS, ele é necessário para o saque do FGTS e do abono salarial pelo trabalhador.

6. Ficha financeira

Por fim, as chamadas fichas financeiras comprovam os valores pagos a você por uma determinada empresa. Você pode solicitar o documento junto ao gestor da organização. Assim, dependendo da análise feita pelo INSS, você terá o valor do benefício reajustado, ou ao menos contará como ponto positivo na hora da análise.

Enfim, o que achou desta matéria sobre o INSS?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...