Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Joseph Safra, dono do Banco Safra e homem mais rico do Brasil, morre aos 82 anos

0

O banqueiro e dono do Banco Safra, Joseph Safra, morreu nesta quinta-feira (10), em São Paulo, aos 82 anos. De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa do Banco Safra, a morte foi por causas naturais: “É com imenso pesar que comunicamos o falecimento, nesta data, do Sr. Joseph Safra, aos 82 anos, de causas naturais”, dizia o texto.

Safra era considerado até então o homem mais rico do Brasil, de acordo com o último ranking de bilionários brasileiros da revista Forbes Brasil. Sua fortuna é estimada em R$ 119,08 bilhões. Além disso, era casado com Vicky Sarfaty, ele teve 4 filhos e 14 netos. Nascido no Líbano em 1938, fazia questão de se dizer orgulhoso de sua cidadania brasileira.

O sepultamento ocorreu nesta quinta-feira (10), às 13h, em evento reservado a familiares e amigos.

É provável que você também goste:

PicPay: Você também ganha os R$ 10 mesmo se baixar direto o app sem a indicação?

Será que teremos um 14° salário para aposentados do INSS em 2020?

O Cadastro Positivo pode aumentar seu Score? Mellissa Penteado responde!

História do Banco Safra no Brasil

Joseph Safra nasceu no Líbano, em 1938. Ele se mudou para o Brasil na década de 60 para dar continuidade aos negócios de seu pai, Jacob, fundador do Banco Safra. Assim, ele e o irmão foram os grandes responsáveis pela ascensão do grupo Safra no país. Desde meados do século 19, familiares de Jacob Safra fundaram em Aleppo, na Síria, o Safra Frères & Cie, instituição financeira para empréstimos e operações de câmbio e ouro. Foi em 1920 que Jacob abriu o Jacob Safra Maison de Banque, em Beirute, no Líbano.

Em 2006, Joseph assumiu os negócios por completo ao comprar a parcela de 50% do irmão, que faleceu em 2014. O filho mais velho de Jacob, Edmond, também seguiu o caminho da família no mercado financeiro, chegando a operar no Brasil. 

Veja a repercussão da morte de Safra

Assim, com a morte de Joseph Safra, diversas autoridades, associações e executivos do setor financeiro se manifestaram, lamentando a perda. Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) disse que Joseph teve “visão estratégica sobre o país” e que “sua contribuição para escolas, museus e instituições, não só no Brasil, quanto em outros países, é marcante.”

Candido Botelho Bracher, presidente do banco Itaú, também emitiu nota de pesar. “Com o Grupo Safra, rompeu fronteiras e foi um dos pioneiros no mercado financeiro a se destacar internacionalmente”, afirmou.

Por fim, em uma rede social, João Doria (PSDB), governador de São Paulo, classificou a morte de Safra como uma perda enorme: “Deixa muitos amigos, admiradores e grande legado como empresário e filantropo. Construiu sua vida com décadas de dedicação e trabalho. Minha solidariedade a toda família Safra.”

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Foto: Getty Images

Comentários
Carregando...