Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Luiza Brunet exige indenização de R$ 1 milhão do ex-marido; veja o motivo

Processo foi iniciado em outubro pela modelo na Justiça paulista; saiba mais

A famosa modelo brasileira Luiza Brunet, de 61 anos, iniciou em outubro um processo na Justiça paulista para exigir uma indenização ao ex-marido, Lírio Parisotto, no valor de R$ 1 milhão. O empresário é acusado por Brunet de agressão.

Segundo as informações, em junho de 2016, Luiza Brunet teria procurado o Ministério Público para relatar um caso de agressão física por parte do, então, marido. Nesse sentido, siga na leitura para saber mais sobre o caso envolvendo a modelo brasileira.

Na Justiça, Luiza Brunet processa ex-marido e pede indenização

Luiza Brunet falando em microfone durante congresso.
Imagem: Reprodução / Instagram @luizabrunetoficial

Ainda de acordo com o relato, a modelo afirmou ter sido agredida por Parisotto durante uma viagem a Nova York, nos Estados Unidos. Esse caso ocorreu no Hotel Plaza. No entanto, Luiza Brunet destacou que, na ocasião, já havia sofrido violência doméstica por parte de seu marido outras duas vezes.

Diante do processo criminal movido contra o empresário, Lírio Parisotto foi condenado a um ano de prisão em regime aberto. Apesar disso, ele conseguiu a suspensão condicional da pena, sendo resumida a prestação de serviços comunitários pelo período de um ano. 

Dessa vez, por meio de ação civil, Luiza Brunet exige uma indenização de R$ 1 milhão por danos morais e patrimoniais. Isso porque a modelo alega que, além de toda a situação de “humilhação, dor e sofrimento” vivida, sua carreira também teria sido prejudicada pelo episódio.

Saiba mais sobre o caso

Para a Justiça, Luiza Brunet afirmou sofrer com diferentes prejuízos profissionais devido ao fato de que sua imagem ficou relacionada ao caso de violência doméstica. Além disso, a modelo destaca que a situação desencadeou a necessidade de acompanhamento psicológico, por conta do pânico e da ansiedade.

Apesar de já condenado por ação penal, Parisotto afirma que as acusações se tratam de mentiras, além de condenar o Ministério Público como parcial. Em contrapartida, o empresário também teria acusado Brunet de cometer as agressões.

“Lírio é um homem de reputação ilibada, empresário de sucesso e pai de família. Jamais foi acusado de brigar com quem quer que seja. Nunca bateu em ninguém. Aliás, sequer se envolveu em qualquer confusão”, afirmou a defesa do ex-marido da modelo para a Justiça.

Por fim, em relação ao novo processo civil, o empresário e ex-marido de Luiza Brunet ainda não apresentou sua defesa.

Imagem: Reprodução / Instagram @luizabrunetoficial