Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mastercard desiste de ativar patrocínio na Copa América

Mastercard optou por não exibir a sua marca durante a competição que ocorre no Brasil.

0

A Copa América vai sim acontecer no Brasil. Após muitas especulações nos primeiros dias, com até a possibilidade dos jogadores não disputarem a competição, os atletas mudaram de ideia e deixaram claro que vão sim entrar em campo. No entanto, a disputa da Copa América no meio da pandemia fez com que a Mastercard, empresa de pagamentos, suspendesse o patrocínio a competição.

É provável que você também goste:

Magalu anuncia compra da Bit55, plataforma de processamento de cartões

Câmara dos Deputados aprova projeto de auxílio a agricultores familiares

Novo cartão Original Mastercard Black: ganhe até 1,5% de cashback

Mastercard opta por cancelar patrocínio na Copa América

O contrato de patrocínio do Mastercard com a CONMEBOL, entidade que comanda o futebol sul-americano, foi assinado no último mês de fevereiro. O contrato previa o patrocínio entre 2020 e 2024 nos torneios masculino e feminino da entidade.

Por conta de toda a polêmica da realização do campeonato durante a pandemia, a Mastercard soltou uma nota informando que não iria expor a sua marca na Copa América, ao mesmo tempo que não vai fazer ações de marketing que estavam previstas para acontecer na Argentina e Colômbia. “Após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”, declarou a Mastercard.

A Copa América deveria acontecer na Colômbia e na Argentina, mas os dois países optaram por desistir de sediar a competição por conta do agravamento da pandemia e de conflitos políticos que deixam a situação instável em cada um desses países. A situação ficou complicada para a Conmebol, que entrou em contato rapidamente com o governo brasileiro, onde teve a aprovação quase que de imediato.

A decisão de sediar a Copa América no Brasil foi muito criticada por infectologistas. O motivo é que a pandemia ainda está em alta no país, com o risco de uma terceira onda vir e aumentar o número de mortes nas próximas semanas. Por conta de todas essas polêmicas, a Mastercard optou por não expor a sua marca nesta edição da competição sul-americana.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: katatonia82 / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...