Meta Ventures lança desafio para startups com aportes individuais de até R$ 1,5 milhão

0

A Meta Ventures, braço de investimentos de uma das maiores companhias de tecnologia do país, com unidades em seis estados e operações no Canadá e Estados Unidos, quer ampliar sua participação no ecossistema de inovação aberta no país. Desde 2019 já investiu R$ 3 milhões em startups de Big Data, Internet das Coisas e Marketplace e pretende nos próximos quatro anos aplicar R$ 20 milhões em negócios de software como serviço, com modelos de negócios B2B e B2B2C com sinergia com as frentes de atuação da Meta. Para acelerar esta aproximação com empresas nascentes, propõe um desafio inédito para startups em etapas de validação e tração com aportes individuais de até R$ 1,5 milhão.

É provável que você também goste:

Governo quer criar marco legal das startups e do empreendedorismo inovador

Como fazer um empréstimo usando o seu celular como garantia

Como fazer um PIX no Nubank? A nova forma de enviar e receber dinheiro

Como participar do desafio?

As inscrições para o Desafio “Bring your SaaS” acontecem até o dia 30 de novembro – detalhes e regulamento estão disponíveis neste site. Os finalistas poderão participar de projetos estratégicos junto a base de clientes da empresa, ter acesso a mentorias, treinamentos e a uma imersão no ecossistema de inovação da região de Toronto, no Canadá, onde a Meta tem uma unidade de negócios. Além disso, os finalistas vão poder participar do evento Collision 2021, em junho do próximo ano.

No entanto, a prioridade de investimentos são em startups que estejam já estejam operacionais, com seus primeiros clientes e produto minimamente validado em seus mercados, e que queiram ampliar o acesso comercial, melhoria de produto, entre outros.

“Queremos reconhecer as startups de base SaaS e oferecer nossa expertise nesta área de negócios para fazer com que elas alcancem novos patamares. Buscamos parceiras estratégicas que, além de receberem investimento, atuem em sinergia com a Meta para realizar novos negócios, aportem inovação e novas soluções de transformação digital”, destaca Claudio Carrara, Vice-Presidente e fundador da Meta.

Empresa presta serviço para várias grandes companhias

Com forte presença no país em companhias de médio e grande porte, a Meta tem clientes em dezenas de verticais como indústria, varejo, agronegócio, financeiro, logística, mídia, tecnologia, entre outros. John Deere, Banco Original, TV Globo, Localiza, Sicredi e Sascar, por exemplo, são algumas empresas que contam com plataformas e consultorias da Meta para digitalizar por completo as áreas de negócios, gestão e operações, dentro do contexto da transformação digital. É neste ecossistema que as startups selecionadas poderão atuar e serem aceleradas.

Outro diferencial da companhia está o domínio e a extensa parceria com a SAP, uma das maiores empresas do mundo em sistemas de gestão, permitindo que startups tenham acesso e possam se integrar a estes ambientes.

A expectativa é realizar ao longo de 2021 aportes de seed money (capital semente) em quatro negócios nascentes.

Startups de Big Data, IOT e marketplace já integram a Meta Ventures

O braço de venture capital e inovação aberta da Meta tem como propósito, sobretudo, gerar valor conectando startups e empreendedores a investidores, empresas parceiras, universidades, laboratórios de pesquisa, entre outras organizações. Sendo assim, desde 2019, já investiu cerca de R$ 3 milhões em parcerias com três startups dos segmentos de Big Data, IOT e Marketplace.

A Netrin, fruto de uma spin-off da unidade de negócios da Meta no Paraná, provê soluções de big data e inteligência da informação. A Ayga oferece mecanismos de conexão, localização e monitoramento de ativos por meio da Internet das Coisas e tem base em Porto Alegre (RS). Já a Conecta Lá, de Florianópolis (SC), oferta ferramentas de venda e controle de operações para diferentes marketplaces.

“Queremos potencializar o crescimento daquelas startups que, assim como nós, ofertam soluções para acelerar a transformação digital no Brasil. Nosso foco são iniciativas com proposta de valor bem definidas”, complementa Marcio Flôres, Head of Corporate Venture da Meta.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Lucky Business / Shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar