Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nota de R$ 50 pode valer até R$ 4 mil; saiba o porquê

0

Sabia que você pode ter uma nota de dinheiro que vale muito mais do que realmente está escrito nela?  Em suma, existem colecionadores de moedas e de cédulas, os numismatas, que podem dar muito dinheiro na compra de relíquias. Exemplo disso é uma cédula de R$ 50, que pode valer até R$ 4 mil. Abaixo, confira todos os detalhes.

É provável que você também goste:

Mais uma alta da Selic: confira opções de bancos para fazer seu dinheiro render

Dinheiro esquecido do BC: 1,6 milhão de pessoas vão receber na 2ª fase

Nota de R$ 50 pode valer até R$ 4 mil; veja o motivo

A nota de R$ 50 em questão, se trata da exemplar que não tem a frase “Deus seja louvado” impressa. Essa nota pode valer até R$ 4 mil no mercado.

Em suma, em 1994, a frase “Deus seja louvado” não estava presente nas primeiras cédulas que entraram em circulação. A presença da famosa frase logo foi resgatada por Rubens Ricupero, Ministro da Fazenda na época, o que transformou as notas sem os dizeres em raridade.

Ademais, outro item visto importante atualmente é a cédula, também nota de R$ 50, com a assinatura do ministro Ricupero. Ocorre que o executivo ficou no cargo por apenas seis meses. E isso, se tornou a sua assinatura rara em algumas notas de reais. E é essa nota que pode valer até R$ 4 mil.

Por fim, é importante ressaltar que a nota de R$ 50 com a assinatura do ex-presidente do Banco Central Pérsio Arida, também é rara. A estimativa é que existem apenas 400 mil unidades que contêm a assinatura do executivo.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar