Nubank pede desculpas e anuncia ações para enfrentar racismo estrutural

0

Neste domingo (25), o cofundador do Nubank – David Vélez, publicou no LinkedIn mais um pedido de desculpas da instituição em relação à posição sobre a questão racial. Desde que a cofundadora do Nubank – Cristina Junqueira disse no programa Roda Viva, que não consegue recrutar executivos negros, e que não podia nivelar por baixo, teve uma forte repercussão negativa nas redes sociais.

É provável que você também goste:

Racismo: Advogada negra fecha conta no Nubank: ‘quem nivela por baixo não merece meu CPF’.

Apple Pay: O que é, como funciona e como podemos usar?

Por que o Nubank aumenta apenas R$ 10 do limite de alguns clientes?

Nubank pede desculpas e anuncia ações para enfrentar racismo estrutural

Neste domingo (25), David Vélez declarou na rede social LinkedIn, que a “diversidade sempre foi um dos pilares [banco], mas falhamos ao não trabalhar ativamente para enfrentar o racismo estrutural”.  Ele informou ainda que passaram os últimos dias em conversas internas com Nubankers e com “ativistas negros de fora do Nubank e com clientes”.

Adicionalmente, Vélez garantiu que vai ser desenvolvida uma agenda com o objetivo de buscar a diversidade e a inclusão racial no Brasil e na América Latina. Em seu blog, o Nubank reconheceu o erro, e afirmou que o posicionamento de agora é desafiar o novo status quo.

O ocorrido, nos mostra como mudou o patamar de preocupação do mundo corporativo com a questão racial. O Nubank também admitiu no blog, que o erro foi achar que bastava ter os valores da diversidade e “as coisas iam se resolver sozinhas”.

O Nubank também pretende enfrentar o desafio, com a ajuda de uma parceria com uma ONG de inclusão racial. A fintech defendeu que outros bancos e fintechs também sigam o mesmo movimento.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Jo Galvao/shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar