Ônibus vão aceitar cartões de crédito e débito em São Paulo. A Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo abriu negociação com bandeiras de cartões e empresas de meios de pagamento para liberar o uso dos cartões de crédito e débito nas catracas dos ônibus da cidade de São Paulo. A iniciativa vai permitir que o usuário de transporte público não precise do bilhete único.

É provável que você também goste:

Sistema de segurança de Luciano Hang impede ataque hacker ao App dos cartões Havan

Nubank vai lançar a opção de pagamento de qualquer boleto pelo cartão de crédito?

Banco do Brasil lança novo comercial “mais conservador” depois do veto de Bolsonaro.

Ônibus vão aceitar cartões de crédito e débito em São Paulo

Empresas em negociações

As empresas que estão em tratativas com a autoridade pública paulistana são a Elo, Mastercard, Visa, Cielo e Stone.

Em entrevista para o site Infomoney, apenas Mastercard e Visa comentaram sobre o assunto.

Fernanda Caraballo, diretora de desenvolvimento de negócios da Mastercard para o Brasil, embora não tenha confirmado, explicou que a tecnologia utilizada nesses casos é a de Comunicação por Campo de Proximidade (NFC, na sigla em inglês). Ela permite que os dispositivos que possuam chip compatível troquem informações sem o uso de cabos ou fios.

Já em nota, a assessoria de imprensa da SPTrans informou que “trabalha constantemente para aprimorar os sistemas de cobrança de tarifa e recarga do Bilhete Único e efetua adequações necessárias de forma a permitir que as viagens de ônibus tenham confiabilidade, acessibilidade e conforto”.

Serviço pode ser lançado em setembro

Ainda segundo o InfoMoney, a ideia seria implementar um projeto-piloto no dia 7 de setembro. Mas, Em seguida, lançar o novo serviço durante a Semana da Mobilidade, que ocorre entre os dias 16 e 22 de setembro.

No estado de SP, a cidade de Jundiaí possui, desde 2017, um sistema de pagamento de tarifa com cartão de crédito. O MetrôRio, no Rio de Janeiro, também já aceita essa opção.

Visa opera no Rio de Janeiro

A Visa é a empresa que opera em todas as 41 estações da capital do Rio de Janeiro. Temos mais de 100 mil transações e uma solução que não exige a troca das catracas, chamada Visa Secure Access Module, um chip que é inserido diretamente no validador”, afirmou a assessoria de imprensa da companhia, mas não confirmou o envolvimento no projeto.

Já a porta-voz da Mastercard entende que a adoção da tecnologia pelo transporte público de grandes cidades como São Paulo, além de ser interessante para o cidadão porque diminui o número de cartões carregados no bolso, também acaba sendo boa para as empresas.

“Vai aumentar a frequência de uso do cartão. Quem trabalha há mais tempo com a tecnologia NFC terá uma vantagem ante os concorrentes, pois terá a preferência do usuário”, aponta Fernanda.

Enfim, gostou da matéria sobre os ônibus aceitarem cartões em São Paulo?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: InfoMoney.