Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial será dividida por mês de nascimento

0

Pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial será dividida por mês de nascimento. A segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 deverá ser dividida por mês de nascimento dos beneficiários, segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. A informação foi passada ontem (11), durante audiência pública na Comissão Mista da Covid-19, que foi criada no Congresso Nacional.

É provável que você também goste:

Auxílio Emergencial Negado? É possível fazer uma reclamação no Fala.BR

Caixa paga esta semana quem está com auxílio emergencial em análise desde abril

Como recuperar login e senha para solicitar o seguro-desemprego

Pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial será dividida por mês de nascimento

De acordo com Guimarães, 7 milhões de brasileiros não conseguem sacar o auxílio sozinhos e também não conseguem utilizar o app da Caixa. Por isso, eles precisam se deslocar até uma agência. “”Juntar a parcela do Bolsa Família, que são as pessoas mais carentes, com a parcela, o terço do aplicativo mais carente, nós não podemos. No mínimo, para fazer isso, nós vamos ter que quebrar em meses de nascimento.”

Além disso, ele disse que essa forma de pagamento não foi feita ainda porque não havia base de dados para isso.

“A gente foi recebendo e pagando. A gente poderia esperar um mês a mais. Aí, depois de um mês, nós teríamos os 50 milhões, em especial fora do Bolsa Família, ou seja, para 30 milhões de brasileiros, nós poderíamos ter feito o que vamos fazer na segunda parcela. Janeiro recebe num dia, fevereiro no outro, mas nós não tínhamos a base. Trinta milhões de brasileiros não tinham base nenhuma. Nós fomos pagando assim que nós recebíamos do Ministério da Cidadania.”

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress/shutterstock.

Comentários
Carregando...